Conteúdo

Plínio marcos é o homenageado da 4ª barca da cultura

11 de novembro de 2009
0h 00

No ano marcado pelos dez anos da sua morte, o dramaturgo santista Plínio Marcos será homenageado nessa 4ª edição da Barca da Cultura Paschoal Carlos Magno. No domingo (15), a partir das 9h, a área continental, composta pelos bairros Ilha Diana, Monte Cabrão e Caruara, poderá conhecer um pouco mais sobre o homenageado, além de participar de diversas atividades de dança, música, teatro, circo e literatura. A ligação entre Paschoal Carlos Magno e Plínio Marcos aconteceu em 1957, durante o 2º Festival Nacional de Teatros de Estudantes. Na ocasião, o primeiro era o organizador e o segundo estreava como dramaturgo, aos 22 anos, com a peça Barrela. Esta fase marcou o início de uma carreira caracterizada por sucessos de público e crítica, com destaque para Dois Perdidos Numa Noite Suja, Navalha na Carne, Querô e Madame Blavatsky. Durante as atrações do evento, Carlos Magno também ganhará vida: o ator Silvio Roupa interpretará o diplomata e teatrólogo, idealizador deste formato de evento. A iniciativa também terá um contador de histórias, que conduzirá o público a participar ou assistir às várias opções de atividades. A programação dos três locais ainda será composta de exibições do Mutirão do Folclore, com danças típicas da cultura popular brasileira, além de oficinas de artes plásticas, premiação do concurso de redação e distribuição de livros. A Barca da Cultura é uma realização da Prefeitura, Editora Paulus, Icacesp (Instituto Cultural de Artes Cênicas do Estado de São Paulo) e governo do Estado. Informações: 3226-8000.