Conteúdo

Pioneiros do surfe são homenageados

23 de janeiro de 2018
17h 39

Cinco pioneiros do surfe de Santos foram homenageados na segunda-feira (22), em evento na Prefeitura. A solenidade que marcou o Dia do Surfista, comemorado oficialmente em 21 de janeiro, é realizada desde 2005.

O evento é uma parceria com a Associação Santos de Surf e sempre destaca nomes que ajudaram a construir a história do esporte. Neste ano, foram homenageados Manoel dos Santos, Paulo Miorim, Sérgio Heleno, Antonio Di Renzo Filho e Jo Hirano (os dois últimos in memorian), representados por Rugerro Maligeli e Frankie Marques.

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa destacou a relação da história do surfe com a Cidade. “As histórias se confundem e temos que escrever novos capítulos, primeiro valorizando o passado. Este evento é sempre um aprendizado”.

História

Os homenageados são selecionados pelo historiador Diniz Iozzi, o Pardhal. Neste ano, ele escolheu cinco nadadores que surfavam e que também estão entre os primeiros a construir pranchas de fibra de vidro no País.

Destaque para Manoel dos Santos, medalhista olímpico nos Jogos de Roma, em 1960, nos 100 metros livre, e recordista mundial, de 1961 a 1964, e um dos primeiros, a encarar as ondas no Havaí, em 1961. Manoel tinha o surfe como hobby e aprendeu a construir a própria prancha, junto com o amigo Jo Hirano.

 

Já Paulo Miorim, Sérgio Heleno e Antônio Di Renzo Filho, também nadadores, tinham hábito de pegar onda de peito na praia do Itararé. Em 1964, conheceram o surfe durante uma viagem ao Rio de Janeiro e na volta decidiram tentar ficar em pé nas ondas e construir uma prancha fazia parte da aventura.

 

Foto: Raimundo Rosa

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.