Conteúdo

Parcerias da Saúde são expostas em fórum na Capital

6 de junho de 2018
15h 37

Os bons resultados alcançados pela Prefeitura em parceria com organizações sociais (OS) e outras entidades na área da Saúde como a diminuição da taxa de mortalidade infantil e a oferta de novos serviços de atendimento à população serão apresentados no Fórum de Finanças Sociais e Negócios de Impacto 2018 – Investir para Transformar. O evento é realizado desde quarta (6) no Rooftop 5 & Centro de Convenções no Complexo Aché Cultural, em São Paulo (Capital).

O secretário municipal de Saúde, Fábio Ferraz, participa nesta quinta (7), às 16h, do painel Negócios e parcerias para serviços mais inovadores em saúde. Também integrarão a mesa de debates representantes do Hospital Israelita Albert Einstein, Cláudio Terrra; Secretaria de Saúde da cidade de São Paulo, Daniel Simões; startup TáNaHora, Juliano Froehner; Fundação Novartis, Roberta Bosurgi, e da organização Impact Hub, Ruy Camargo.

“Nos últimos anos, Santos vem implementando medidas modernas de gestão pública e hoje conta com iniciativas exitosas em parceria com organizações do terceiro setor, as quais trouxeram mais eficiência aos serviços e podem servir de exemplo para outros órgãos públicos do País”, ressalta Ferraz. Para a parceria com organizações sociais (OS) na área da Saúde, a Prefeitura criou, em 2013, o Programa Municipal de Publicização (lei nº 2.947).

UPA CENTRAL E ESTIVADORES

Resultado desta política, no dia 16 de janeiro de 2016 começou a funcionar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central – o primeiro contrato de gestão do Município com uma OS, a Fundação do ABC. O equipamento veio substituir o antigo Pronto-Socorro Central e ampliou a quantidade e a qualidade dos atendimentos com novos serviços como a pediatria, raios-X digital, entre outras melhorias.

Em 2 de fevereiro de 2017, entrou em operação o Complexo dos Estivadores, em parceria com o Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz, que já realizou mais de três mil partos e 15 mil atendimentos com baixos índices de mortalidade infantil e materna, além de ser o de maior número de partos naturais entre as maternidades da Cidade. Gradativamente ganhando novos leitos além da obstetrícia/ginecologia, o hospital também dá retaguarda em leitos clínicos e de UTI para pacientes da rede de urgência/emergência e realiza exames e procedimentos especializados.

A Escola de Mães é promovida desde janeiro de 2016 com apoio do programa Juntos Pelo Desenvolvimento Sustentável, da organização Comunitas, e parceria técnica da Agência Tellus. A iniciativa prepara as mulheres, parceiros e famílias para as transformações de uma gestação e, em 2017, ganhou menção honrosa e foi a mais votada na premiação internacional Core77 Design Awards. É desenvolvida atualmente no Instituto da Mulher e Gestante e cinco policlínicas. Em parceria com a empresa VLI e apoio da Tellus, será ampliada para as 32 unidades da Atenção Básica.

EVENTO

O Fórum de Finanças Sociais e Negócios de Impacto 2018 visa promover a melhoria na qualidade de vida das pessoas incentivando soluções que aliam impacto socioambiental com modelo de negócios rentável. O evento é promovido pelo Instituto de Cidadania Empresarial (ICE), organização social que atua na articulação de líderes empresariais e no fomento de inovações sociais; Impact Hub, organização brasileira conectada a uma rede global de empreendedores, e Vox Capital, fundo de investimento de impacto que investe em empresas que buscam soluções para problemas reais de saúde, educação e serviços financeiros. 

 

Foto: Francisco Arrais/Arquivo

 

Galeria de Imagens

Médico faz ausculta em paciente na UPA Central. #Pracegover
Foto: divulgação