Conteúdo

Parceria garante 130 novos leitos em Santos para pacientes com coronavírus

1 de abril de 2020
11h 54

Cerca de 130 novos leitos SUS estarão disponíveis para pacientes com coronavírus, no Hospital Vitória (Rua Rio de Janeiro, 19, Vila Belmiro). Termo de comodato foi assinado entre a Prefeitura e o UnitedHealth Group Brasil, dono da operadora Amil, após videoconferência realizada na manhã desta quarta-feira (1º).

A medida integra as ações para uma estrutura temporária que prevê mais de 500 leitos públicos de UTI e clínica médica para casos de Covid-19. O encontro contou com a participação do prefeito Paulo Alexandre Barbosa, do secretário de Saúde, Fábio Ferraz, o CEO do grupo, José Carlos Magalhães, e o vice-presidente de Relações Institucionais, Renato Casarotti.

Pela parceria, a Prefeitura fica autorizada a utilizar as instalações do hospital exclusivamente para atendimentos relacionados ao coronavírus, arcando com o custeio de uso do espaço. O acordo é válido até 31 de dezembro de 2020.

Segundo o prefeito, ainda nesta quarta-feira (1º) começam a ser feitas as avaliações para intervenções necessárias no prédio, localizado na Rua Monsenhor Paula Rodrigues,193. Os novos leitos poderão ser abertos em abril. “Vamos montar uma estrutura para começar hoje. Para nós, essa parceria é importante porque representa economia de tempo, de recursos e eficiência no atendimento à população. O hospital será muito útil nesse processo e esperamos não precisar utilizá-lo na totalidade”.

Fábio Ferraz destacou a importância dos hospitais de campanha, mas frisou que, diante da preocupação com o aumento de casos do coronavírus, é importante ganhar tempo com estruturas hospitalares já existentes. “O isolamento social está tendo um efeito importante, mas estamos nos preparando para o aumento de casos. Faremos as intervenções rapidamente para que a unidade possa receber pacientes no período de pico”.

Os representantes do UnitedHealth Group Brasil salientaram a importância da parceria e do compromisso com a Cidade.  “É um momento único. O que vale é o senso de urgência em relação às pessoas que precisarão desses leitos e Santos passará mais forte por essa pandemia”, diz Magalhães. O UnitedHealth Group Brasil atua no País por meio da Amil e reúne 35 hospitais. “É a primeira parceria relacionada ao coronavírus que fechamos com uma prefeitura em todo o Brasil”, afirma Casarotti.

Plano de contingência hospitalar prevê 530 leitos

Santos tem um Plano de Contingência Hospitalar para o enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) que prevê a destinação de 530 leitos para o tratamento do novo coronavírus (Covid-19) no Sistema Único de Saúde (SUS), sendo 137 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 393 de enfermaria.

Do total de leitos, são 490 em unidades municipais e hospitais prestadores SUS e 40 no Hospital Guilherme Álvaro (estadual).

Neste momento, estão sendo montados três hospitais de campanha: UPA Central (5 leitos de UTI e 56 de enfermaria), UPA Zona Leste (5 de UTI e 41 de enfermaria) e Afip (25 leitos de enfermaria). Antes do plano, Santos contava com 1.737 leitos, sendo 708 deles no SUS e 1.029 particulares. Deste montante: 209 leitos de UTI adulto e pediátrico (81 no SUS e 128 não SUS).

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.