Conteúdo

Paratleta de Santos concorre a prêmio do Comitê Paralímpico das Américas

11 de março de 2020
17h 08

A paratleta santista Vanessa Cristina de Souza, 30 anos, da equipe Fast Wheels/Fupes/Semes, está entre os cinco finalistas do prêmio de Atleta do Mês de fevereiro, votação mensal organizada pelo Comitê Paralímpico das Américas, concorrendo com atletas da Guatemala, El-Salvador, Estados Unidos e Chile. A votação do público vai até esta sexta-feira (13) pelo site oficial da premiação.

“É a primeira vez que fui indicada. Foi uma surpresa saber disso quando estava saindo para treinar em Los Angeles. É um reconhecimento do meu trabalho e a certeza de que estou no caminho certo”, disse a maratonista em cadeira de rodas, que amputou a perna esquerda em 2014, devido a um acidente de moto.

No último domingo (8), ela foi a campeã feminina da maratona de Los Angeles, nos Estados Unidos, completando a prova em 1h59min51, e a 8ª colocada na classificação geral. A atleta compete pela classe T54, para cadeiras de rodas. Para seu treinador, Eduardo Leonel, a indicação à premiação é um mérito pelo desempenho técnico da atleta. “Vanessa entra no cenário das melhores do mundo. Tem o 4º tempo do mundo, o que mostra sua evolução”.

Em fevereiro, ela já havia conquistado outro resultado positivo, quando foi campeã da maratona de Sevilha, na Espanha. No continente europeu, completou a prova em 1h40min23. Sua marca foi 37s superior ao índice estabelecido pelo Departamento Técnico do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) como critério de convocação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Em janeiro, também foi vice-campeã da Maratona de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A atleta conta com os seguintes patrocínios: Laboratório Cellula Mater/ Unimes/ Mariana Penatti Nutri/ Clínica Jankauskas/ Dermaformula/ Instituto Legacy/ Probiótica/ Cluster Turismo.

 

Confira os demais indicados ao prêmio

 

Gersson Mejía, do Parataekwondo

O atleta, da Guatemala, ganhou o ouro no Aberto da modalidade no México, na classe K41 masculino (até 61kg).

 

Herbert Aceituno, do Halterofilismo

O salvadorenho foi medalha de bronze na Copa do Mundo da modalidade realizada em Manchester, na Inglaterra, ao levantar 170kg na classe até 59kg.

 

Joe Pleban, do Snowboard

O norte-americano foi o destaque do Mundial da modalidade, no Canadá, ao conquistar duas medalhas de prata na classe snowboard-cross.

 

María Antonieta Ortiz, do levantamento de peso

A atleta do Chile levou o ouro na Copa do Mundo da modalidade, em Manchester (ING), ao erguer 116kg pela classe até 79kg feminino.

 

 

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.