Conteúdo

Palestra enriquece conteúdo curricular de alunos

4 de junho de 2009
0h 00

Por iniciativa da equipe técnica da escola municipal profissionalizante Acácio de Paula Leite Sampaio e da Fundação Settaport, os alunos do curso técnico em Gestão de Logística participaram, nesta quarta (3), de uma palestra que enriqueceu o conteúdo programático desenvolvido pelos professores em sala de aula. O palestrante, Marcílio da Silva Santos (portuário, advogado e professor na fundação), intitulou de ‘A importância da logística e a qualificação profissional nas operações portuárias’ o material que apresentou em ‘workshop’ e garantiu que os portos continuam passando por mudanças tecnológicas, em momento similar à revolução industrial, na qual muitos trabalhadores sucumbiram por não se adaptarem. Como exemplo, citou os marinheiros que trabalhavam a bordo das caravelas e com o advento dos navios a vapor, tiveram de se readequar com o serviço em terra. Hoje, a revolução está acontecendo em terra, fruto da mecanização e da tecnologia que evolui rapidamente. Não há mais tempo para aprender com o colega de trabalho, apenas os cursos podem fornecer uma visão global de todas as atividades portuárias. De acordo com a diretora da escola, Janete Quintela, os alunos já tiveram palestras com o presidente da Codesp, José Serra, e o secretário municipal de Assuntos Portuários, Sérgio Aquino. Graças a esse entrosamento com a classe dirigente, 38 alunos conquistaram estágios através do Ciee (Centro de Integração Empresa Escola) e mais recentemente na Codesp. A Fundação Settaport existe há um ano, por iniciativa do Sindicato dos Empregados Terrestres em Transportes Aquaviários e Operadores Portuários do Estado de São Paulo, e mantém um curso de Agente Logístico Portuário, com duração de dez meses.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.