Conteúdo

Orquidário completa 74 anos com música, bolo e parabéns

9 de novembro de 2019
19h 54

Santistas e visitantes entre os convidados, música popular brasileira de fundo e bolo de aniversário personalizado com chantilly na cor verde e com figuras de árvores, orquídeas e animais como tartaruga, flamingo e pavão no topo. Foi assim que, neste sábado (9), ocorreu a celebração do 74º aniversário do “senhor” Orquidário Municipal, que contou com o tradicional Parabéns a você, distribuição de pipoca e algodão doce e apresentações do Coral Municipal de Santos, do Grupo Musical Fatec de Santos e do Coral da Alfândega.

As comemorações pelo parque zoobotânico incluíram ainda feira de orquídeas no pavilhão de exposições, mostra de orquídeas, feira de orgânicos e loja de produtos ecológicos.

Não à toa o equipamento está na memória afetiva de quem nele adentra. “Eu vinha aqui quando era criança. Morava em São Vicente e minha mãe me trazia. Gosto muito, porque tem natureza, bichinhos e as crianças aproveitam muito. É melhor do que ficar na internet“, disse a dona de casa Ivanilde Ferreira Dias, 53 anos, que prestigiou a festa com os cinco netos, entre 3 e 12 anos.

O primeiro pedaço de bolo foi dado a Constância de Moraes Neves, 87, figura conhecida dos funcionários e de quem visita o parque – há 30 anos, ela vende cata-ventos e biscoitos na porta do Orquidário. “Esse lugar é maravilhoso”, falou a moradora do Marapé. O casal Marilei, 52, e Fernando Baltazar, 68, de São Vicente, estava com os netos de 4 e 1 ano e 2 meses, e prestigiou as apresentações musicais. “Desde adolescente eu venho. E agora trazemos os netos. Isso aqui é um clássico”, falou Marilei.

Oficialmente, o aniversário do Orquidário é dia 11, segunda-feira, ocasião em que estará fechado para visitação do público. Reproduzindo a Mata Atlântica, conta com cerca de 3.500 orquídeas de 120 espécies. “Este lugar faz parte da infância de todos. Temos a missão de preservá-lo para as próximas gerações. Por isso temos cuidado e carinho imenso por esse parque”, ressaltou o coordenador do Orquidário, Rodrigo Derbedrossian.

 

Árvores e animais

Passeio imperdível para todas as idades, o parque conta com árvores frutíferas e medicinais, além de nativas como o pau-brasil, embaúba, ipê-roxo e pau-ferro. Além disso, são quase 500 animais de 70 espécies, muitos dos quais vivem soltos, a exemplo de cutias, cágados, jabutis, saracuras e pavões. E ainda atrações como Trilha do Mel, Jardim Sensorial e Viveiro de Visitação Interna. O Setor de Zoologia é referência no atendimento a animais silvestres e realiza procedimentos cirúrgicos e hospitalares.

 

História

Inaugurado em 1945, a história da implantação do Orquidário se dá quando Júlio Conceição falece em 1938. Considerado o primeiro orquidófilo do Brasil, residia em uma chácara de 22.000 metros quadrados, conhecida como Parque Indígena, cuja entrada principal ficava na Avenida Conselheiro Nébias. Colecionador de inúmeros exemplares de árvores e plantas exóticas, manteve 90 mil orquídeas em sua propriedade.

Com seu falecimento, a chácara foi loteada e seu acervo de plantas entregue à Prefeitura como era o desejo do proprietário. Para abrigar essa coleção, o prefeito à época, Antônio Gomide Ribeiro dos Santos, convocou Inácio Manso Filho, técnico responsável pelas orquídeas no Parque Indígena, e solicitou estudo para a construção de um novo parque que ocuparia uma área de 24.240 metros quadrados, no José Menino – doada em 1915 pelo Governo do Estado e que estava desocupada.

Então, em 1945, o Orquidário foi entregue à população santista com jardins, vegetação com espécies brasileiras e exóticas, exemplares de árvores da Mata Atlântica, árvores frutíferas e medicinais, pérgulas e viveiros, além de um pavilhão de exposição das orquídeas e um lago de 1.180 metros quadrados.

Galeria de Imagens

Um homem e duas mulheres observam vasos de orquídeas em área fechada do orquidário
Comemorações incluíram feira no pavilhão de exposições e mostra de orquídeas
Constância recebe pedaço de bolo das mão de uma mulher
Constância, de 87 anos, vende cata-ventos e biscoitos há 30 anos na porta do Orquidário

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.