Conteúdo
Notícias

Operação Descida será cancelada na fase emergencial do Plano SP

Publicado: 15 de março de 2021 - 18h16

Atendendo a um pedido das prefeituras de Santos e das demais cidades de Baixada, o Governo de São Paulo confirmou que irá cancelar a operação descida nos dois finais de semana em que estará em vigor a fase emergencial do Plano São Paulo, que estabelece mais restrições que a atual fase vermelha. A medida valerá para os dias 19, 20, 21, 26, 27 e 28 de março e a intenção é inibir a presença de turistas na Baixada Santista justamente no período mais crítico da pandemia no Brasil e no Estado de São Paulo.

Comum nos finais de semana e vésperas de feriados, o objetivo da operação é manter as condições de trafegabilidade em períodos de grande quantidade de veículos em direção à Baixada Santista, com inversão de sentido das pistas.

Na próxima semana, o governo publicará portaria com todos os detalhes que regulamentará o funcionamento do Sistema Anchieta-Imigrantes durante a fase emergencial.

O prefeito Rogério Santos lembrou que a medida foi uma reivindicação dos prefeitos da região. "Ajudará muito a coibir a vinda de turistas para a região, neste momento que o isolamento é tão importante".

PRAIAS FECHADAS

Mesmo com o início da nova fase na segunda-feira (15), as praias de Santos já estarão interditadas a partir deste sábado (13) e assim permanecerão enquanto durar a Fase Emergencial do Plano São Paulo.

A antecipação foi anunciada na última quinta-feira (11) pelo prefeito Rogério Santos, em função das novas imposições do Governo do Estado, que envolvem a proibição do uso total da faixa de areia e esportes no mar. O decreto municipal contendo as regras desta restrição está publicado na edição desta sexta-feira (12) do Diário Oficial.