Conteúdo

Oficina ensina alunos de Santos a fazer música com a colher

24 de junho de 2019
18h 00

Alunos de 6º e 7º anos da escola municipal Ayrton Senna da Silva (Campo Grande) aprenderam, na tarde desta segunda-feira (24), que a colher é mais do que um objeto culinário: pode ser utilizada como um instrumento musical.

O ensinamento ocorreu durante a oficina do projeto institucional da Secretaria de Educação (Seduc), Santos à Luz da Leitura.

“Segurem as duas colheres com firmeza, depois batam na perna e na mão, prestando atenção na música”, explicou a professora de história, Sandra Pereira, especialista na arte de fazer música com a colher. Os estudantes deram ritmo para as músicas ‘Saudosa Maloca’ e ‘Trem das Onze’, de Adoniran Barbosa.

Renan Pereira Roque Homem, 11, achou uma novidade tocar utilizando as colheres. “Muito legal. Gosto de música, faço parte da banda da escola”.

Guilherme Romão dos Santos, 12, curtiu. “Foi muito bom aprender. Andrielly Gonçalves dos Santos Nascimento, 11, também gostou de participar. “Conhecemos uma coisa nova e é interessante fazer música com um objeto que a gente usa para comer”.

TEMA

Neste ano, o Santos à Luz da Leitura desenvolve o tema “O território multicultural: traços de identidades e brasilidades” e, no primeiro semestre, o subtema trabalhado é “Samba e chorinho: trajetórias e personagens”. “Nossa intenção é ampliar o repertório cultural dos alunos, apresentando música de qualidade, nomes consagrados do samba e do chorinho. As oficinas aproximam a música dos estudantes e eles podem interagir”, destacou uma das coordenadoras da ação institucional, Valéria Vegas.

“É um instrumento democrático, todos têm acesso. Os alunos adoram e interagem, além de ajudar a desenvolver a coordenação motora, atenção e o ritmo”, disse Sandra.

Fotos: Francisco Arrais

Galeria de Imagens

professora mostra a alunas como usar a colher como instrumento #pracegover
menina bate com colher na coxa #pracegover
mão segura colher com classe ao fundo #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.