Conteúdo

Oficina em Santos orienta profissionais de saúde no atendimento a vítimas de violência sexual

27 de setembro de 2019
14h 27

A Secretaria de Saúde reuniu nesta quinta-feira (26) mais de cem profissionais, entre médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, servidores administrativos e agentes de saúde de vários serviços municipais, para oferecer qualificação no atendimento a pessoas em situação de violência sexual. A oficina foi realizada na Universidade São Judas - Campus Unimonte (Vila Mathias) e se repete na sexta (27).

Fluxo de atendimentos foi o principal tema da orientação. “Transmitimos a importância do acolhimento dessas pessoas em situação de violência aos participantes”, explicou a ginecologista do Programa de Atenção Integral às Vítimas de Abuso Sexual (Paivas), Daniela Homenko. “Queremos evitar cada vez mais a peregrinação dessa pessoa entre os serviços de saúde, para que não haja revitimização (quando a vítima precisa contar o abuso diversas vezes)”.

A agente comunitária de saúde da Zona Noroeste Amélia dos Santos, de 58 anos, afirma que está há 20 anos na área e mesmo assim continua aprendendo. “Nessas oficinas, com a troca de experiências, sempre aprendemos coisas novas e aperfeiçoamos nosso serviço”. A agente diz contar com a empatia para tratar em casos tão delicados. “Me coloco no lugar da pessoa antes de qualquer coisa. Só assim temos o cuidado devido.”

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.