Conteúdo

Obras do Bom Prato no Rádio Clube devem ser concluídas no segundo semestre

25 de maio de 2018
16h 10
Vista geral da obra na parte interior do prédio. #Pracegover

A Prefeitura pretende entregar o quarto restaurante popular Bom Prato à população no segundo semestre deste ano. O equipamento está em obras na Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1.349, Rádio Clube.  

“A expectativa é de servir aproximadamente 1,2 mil refeições por dia e proporcionar uma condição melhor para quem mais precisa”, disse o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, em visita ao local na manhã desta sexta-feira (25). A região é uma das mais vulneráveis do ponto de vista econômico e social da Cidade, o Dique da Vila Gilda. O Bom Prato serve refeições balanceadas a R$ 1,00.  

As fundações, pilares, vigas, lajes e paredes estão prontas e, nesta sexta-feira, nove funcionários da empresa contratada para a edificação trabalhavam no chapisco e preparação de paredes para construção do telhado: um de fibrocimento com estrutura de madeira e outro de estrutura metálica térmica e acústica.

Desenvolvido pela Secretaria de Infraestrutura e Edificações, o projeto prevê 976m² de área construída, sendo o refeitório com 339m² e capacidade para 198 lugares. Ao lado, haverá dois conjuntos de sanitários, sendo um para pessoas com deficiência. Das entradas do imóvel, duas delas serão de vidro e destinadas para circulação do público. Do mesmo material serão as janelas, que também serão amplas permitindo boa ventilação e incidência de luz natural.

ESPAÇOS

Na segunda área do imóvel, voltada aos funcionários, haverá uma sala para a nutricionista, três câmaras frias, espaços de pré-higienização e higienização das bandejas e pratos, cozinha industrial, conjunto de sanitários e vestiários para funcionários e três bancadas para manipulação de produtos utilizados em café da manhã, como pães e frios; outra para vegetais e frutas; uma terceira, mais isolada, para as carnes.

A gestão do espaço ficará a cargo do Instituto Arte no Dique, comandado por José Virgílio Leal de Figueiredo, que aguarda com expectativa a conclusão da obra para fazer o trabalho que irá além de servir o almoço por R$ 1,00. ”Queremos usar este espaço também para oferecer cursos aos moradores, trazer grandes chefs com uma visão cultural e social da comida para dar palestras e fazer levantamento das pessoas acamadas ou cadeirantes que vivem nas palafitas para oferecer comida de graça”.

CUSTO ZERO

Orçada em cerca de R$ 3,2 milhões, a primeira etapa de construção do restaurante contou com verba da renda do Baile Oficial da Cidade de 2017, e a segunda pela concessionária Ecovias, do Sistema Anchieta-Imigrantes, por meio de um Termo de Responsabilidade de Implementação de Medidas Mitigatórias e Compensatórias. O terreno da Cohab foi cedido em comodato para o Instituto Arte no Dique.

Santos conta com restaurante popular Bom Prato na região do Mercado, Zona Noroeste e Morro São Bento.

 

Fotos: Isabela Carrari

Galeria de Imagens

Vista geral do lado de fora do novo prédio. #Pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.