Conteúdo

Obras da Roberto de Molina Cintra é um dos avanços do Programa Nova Entrada de Santos

11 de dezembro de 2018
18h 31

As obras do pontilhão sobre o canal da Rua Roberto de Molina Cintra, na direção da Rua Pedro Paulo Di Giovanni, no bairro Santa Maria, tiveram a primeira cravação de estaca nesta terça-feira (11). A intervenção - que integra a etapa 2 do Programa Nova Entrada de Santos - teve início com a remoção da mureta de concreto, fundações e o isolamento da área.

No total serão 20 estacas fincadas no solo para a sustentação da estrutura. Após o estaqueamento, será realizada a instalação de lajes pré-moldadas e, para concluir a obra, a concretagem da estrutura, pavimentação e sinalização de solo. Os trabalhos devem ser finalizados até março de 2019.

Outra obra que também integra a segunda etapa do Programa Nova Entrada de Santos é a ponte da Rua Júlia Ferreira de Carvalho, no Chico de Paula. Essa estrutura será totalmente reestruturada oferecendo mais segurança. Os trabalhos de reforma e ampliação da estrutura já começaram. O prazo para ficar pronta é de sete meses.

A adequação de espaço para manobras de veículos de grande porte com mais segurança é um dos benefícios que a obra trará aos munícipes. A largura atual da ponte não permite a passagem de dois caminhões. E a entrada da rua não atende ao espaço para manobras de veículos maiores como os caminhões bitrens, utilizados no transporte de cargas. O novo projeto resolverá esses desafios. A ponte tem 15 metros de comprimento e terá mão dupla de direção. Também serão feitas melhorias na pavimentação, calçadas e rede de drenagem.

BALANÇO

O estágio atual dessas e demais obras das etapas 2 e 3 foram apresentadas na manhã desta terça-feira (11), durante reunião entre o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, secretários municipais e técnicos da Prefeitura envolvidos com as obras e os representantes da Terracom, empresa que realiza as duas fases das intervenções. O encontro aconteceu no canteiro de obras localizado no bairro Caneleira.

Conheça o estágio atual das demais obras que integram a etapa 2 do programa

  • Beira Rio - Essa avenida está em construção e interligará os bairros Bom Retiro e São Manoel. No local, será implantada uma rotatória que dará acesso à futura ponte sobre o Rio São Jorge. Esse novo acesso também ligará a região com a Rodovia Anchieta. Os trabalhos estão concentrados no aterro de sobrecarga que consiste em depositar o peso da areia no local provocando naturalmente, ao longo de aproximadamente oito meses, o escoamento da água existente no terreno. Isso faz com que o solo fique firme, sendo o resultado necessário para que a via seja implantada em cima desse terreno.
  • Ruas Itanhaém e São Sebastião - Essas vias estão praticamente prontas, faltando apenas a sinalização que será feita pela CET. Na Rua São Sebastião será feita a pintura da ciclofaixa, após a alteração de mão de direção, prevista para o início do próximo ano.
  • Rua Pedro Paulo Di Giovanni - Essa via, localizada no bairro Santa Maria, vem recebendo melhorias desde a Rua Roberto de Molina Cintra até a Rua Maestro Antônio Garófalo. Os trabalhos de reparo e reconstrução de sarjetas, guias e passeios já foram concluídos. E a pavimentação atingiu 95% de obra realizada.
  • Rua Pastor João Wesley - Cerca de 80% dos trabalhos dessa via já foram concluídos, sendo a demolição e reconstrução de guias e sarjetas e execução de passeios em concreto desempenado no padrão Calçada para Todos, garantindo acessibilidade. Também estão sendo realizados serviços de drenagem no local.
  • Rua Ana Santos - A Rua Ana Santos está recebendo a implantação de uma galeria de drenagem que será complementar à que já existe no local. A tubulação que está sendo implantada possui 1,5 m de diâmetro e ampliará a capacidade de drenagem do local. No momento, as obras já somam 29% de drenagem concluída e 5% de sarjetas, guias e passeios.
  • Serviços de drenagem na terceira etapa - Está sendo construída nova galeria de 350 metros a partir da Martins Fontes. Os trabalhos iniciaram na esquina com a Rua Caraguatatuba, e prosseguirão até a N. Sra. de Fátima, entrando pela via até atingir a Rua Manoel Barbosa da Silveira. Supervisionados pela pasta de Infraestrutura e Edificações, os serviços visam garantir melhor eficiência no escoamento das águas pluviais, direcionadas para o Estuário, e complementam as duas galerias existentes, que passaram por limpeza. Antes, a tubulação operava com apenas 20% de sua capacidade, no sentido Centro/Rio Lenheiros.

Foto: Francisco Arrais 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.