Seu navegador não possui suporte para JavaScript o que impede a página de funcionar de forma correta.
Mensagem do Periodo Eleitoral

Atenção

Em cumprimento ao Artigo 73 da Lei Eleitoral nº 9.504/97, as redes sociais e o portal da Prefeitura, a partir de 6 de julho até o final do processo eleitoral de 2024, publicarão apenas conteúdo de utilidade pública.

Conteúdo
Notícias

Novo Quebra-Mar, em Santos, ganha primeiro bebedouro triplo e inclusivo da Cidade

Publicado: 17 de junho de 2024 - 16h33

O primeiro bebedouro triplo e inclusivo de Santos começou a funcionar no último final de semana junto ao playground do Novo Quebra-Mar, no Parque Roberto Mário Santini, na orla do José Menino. O espaço ganhará, ainda este mês, um segundo equipamento, que será instalado entre o edifício do Centro de Treinamento de Alta Performance e o futuro Espaço Capoeira.

Confeccionado em concreto armado, o bebedouro foi projetado em três alturas e espaços distintos, de forma a garantir, também, o acesso a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida, e a hidratação dos animais de estimação.

A cuba para pessoas com deficiência (PCD), localizada à esquerda, dispõe de dois bicos, um deles para uso de garrafas. Já no aparador de água à direita, em altura confortável para uso de um adulto, encontra-se o botão, devidamente sinalizado, que aciona a água para os pets, cuja cuba está localizada na base da estrutura. Todos os bicos contam com temporizador, de forma a reduzir as possibilidades de desperdício de água, e sistema antivandalismo.

“A água, tratada, é proveniente da rede da Sabesp, que já realizou testes de potabilidade”, ressaltou a arquiteta Tainah Perrotta, da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos), responsável pelo acompanhamento da instalação do bebedouro, a cargo da concessionária de abastecimento.

50 ANOS DA SABESP

Os bebedouros triplos e inclusivos foram doados pela Sabesp que, para marcar as comemorações de seu 50º aniversário, destinará a cada município por ela atendido pelo menos um bebedouro em área pública com grande circulação de pessoas.

“A Seinfra e a Sedurb (Secretaria de Desenvolvimento Urbano) já haviam desenvolvido estudos para disponibilizar bebedouros no parque”, comentou a arquiteta, acrescentando que a proposta da Sabesp, responsável pelos custos do fornecimento e instalação, agilizou o projeto para garantir a hidratação dos frequentadores.

A escolha dos locais foi feita pela Seinfra e a instalação ficou a cargo da unidade local da concessionária. Ao todo, serão instalados no Estado de São Paulo 460 bebedouros, de acordo com informações da empresa.

 

Esta iniciativa contempla o item 11 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU: Cidades e Comunidades Sustentáveis. Conheça os outros itens do ODS