Conteúdo

Novo Olhar une ações de solidariedade a serviços assistenciais com foco na população em situação de rua

19 de julho de 2018
15h 44

A população em situação de rua é o foco do programa Novo Olhar, lançado pela Prefeitura nesta quinta-feira (19). A iniciativa vai unir ações de solidariedade da população aos serviços assistenciais oferecidos pelo Município.

Na instituição do novo programa pela manhã no Paço Municipal, foi assinado convênio entre a Prefeitura e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) para pesquisas quantitativas e qualitativas a fim de esclarecer números e características das pessoas que habitam as ruas. A base de dados será desenvolvida por alunos da Fatec Rubens Lara.

“Esse censo vai nortear todas as nossas ações, permitindo traçar perfis e compreender o porquê do fenômeno, além de entender as peculiaridades de Santos. Assim, conseguiremos atuar de forma personalizada, a partir das situações que forem apresentadas neste trabalho meticuloso”, explica o secretário de Desenvolvimento Social, Flávio Jordão, pasta responsável pelo trabalho.

A pesquisa, segundo ele, começa em outubro, com dados preliminares disponibilizados já em dezembro. Quando concluída, renderá um livro para compilação das informações coletadas. O material também será tema de palestras e seminários.

A parceria entre as instituições é celebrada também por Fernando Kinker, professor da Unifesp. “Em Santos, temos a possibilidade de construir uma universidade pública que desempenhe sua principal função, que é a de melhorar a vida das pessoas”.

 

AÇÕES

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa lembra que o programa Novo Olhar complementa ações sociais que já vinham sendo desenvolvidas pela Prefeitura nos últimos anos. “As Vilas Criativas foram o ponto de partida. Depois, vieram outros projetos como a Ecofábrica”, enumera, mencionando a pesquisa sobre a população em situação de rua como um próximo passo deste trabalho. “A administração pública tem a necessidade de estar sempre se aprimorando”.

 

Serviço de abordagem ganha reforço no inverno

 

Ampliar a aceitação da população em situação de rua aos serviços sociais é um desafio para o setor de desenvolvimento social da Administração, que vem implementando medidas para aumentar a adesão aos abrigos municipais – as chances aumentam no inverno –, como o que foi aberto há um mês na Rua General Câmara, 245/249 (Centro). No local, que conta 40 vagas, há baias para cães, reduzindo a resistência pelos atendidos que possuem animais.

Outra iniciativa é a ampliação dos trabalhos de abordagem, com mais um veículo em operação de manhã e à tarde, somado a outros dois que já circulam nestes períodos. Novos funcionários também foram integrados ao setor, em funções internas, permitindo maior agilidade à equipe atual para as atividades externas, que contam com 15 assistentes, além de motoristas. O serviço também é realizado à noite.

CRUZ VERMELHA

 

Nos dias mais frios, em que a temperatura mínima chegar aos 10ºC, os agentes da Prefeitura contarão com o reforço de equipes da Cruz Vermelha, numa parceria firmada para evitar casos de hipotermia.

INFORMATIZAÇÃO E ADESIVAGEM

 

Para proporcionar maior eficiência ao serviço, a Secretaria de Desenvolvimento Social está informatizando o setor de abordagens, que contará com tablets, em medida conjunta com o Departamento de Gestão da Tecnologia de Informação e Comunicações (Detic) da Prefeitura. Também haverá adesivagem dos carros utilizados nas ações para melhor identificação pelo público atendido.

HUMANIZADO

 

A busca por alternativas no atendimento a esta demanda social vem sendo objeto de estudo da Prefeitura inclusive em outros países, relata Flávio Jordão. “Essa questão é prioritária para o governo, que visa garantir de forma humanizada os direitos da população em situação de rua. Para isso, fizemos intercâmbios com outras cidades do Brasil e do mundo em busca de modelos de sucesso”.

 

Jantar Solidário permitirá doação de alimentos em refeitório

 

Unir a caridade do santista a uma forma digna de alimentação noturna para as pessoas em situação de rua, em refeitório apropriado, é o objetivo do Jantar Solidário, outra iniciativa do programa Novo Olhar, com disponibilização de espaços públicos para a distribuição voluntária de jantas – ação que hoje ocorre de modo informal pelas vias da Cidade. Por conta da alta demanda, a unidade Mercado do Restaurante Bom Prato será a primeira a abrigar este projeto-piloto da Prefeitura.

“Em vez de intervenções desconexas, a ideia é oferecermos a estrutura já existente para uma gestão compartilhada com a sociedade, que pode ser uma parceira do Município, mais que uma doadora”, define Flávio Jordão, destacando o valor da atuação conjunta. “Queremos que os munícipes entendam a importância de abordarmos juntos, e de forma harmônica, esse tema tão complexo, que demanda uma ação coletiva, com papéis diferenciados a cada segmento, de forma a se complementarem”.

 

 

Serviços de saúde e acolhimento já são oferecidos

 

No Consultório de Rua, equipes móveis de saúde trabalham de modo itinerante junto a dependentes de álcool, crack e outras drogas, aplicando estratégias de redução de danos em ações integradas por unidades básicas de saúde, Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e serviços de urgência e emergência.

A secretaria também dispõe de equipamentos voltados às pessoas em situação de rua.

 

Confira a lista de locais e público atendido

 

  • Centro Pop: voltado ao fortalecimento de vínculos pessoais, visa o processo gradativo de saída da rua, disponibilizando espaços para higienização e guarda de pertences.
  • Serviços de Acolhimento: oferecem atendimento especializado, compreensão da história de vida pessoal, fortalecendo vínculos familiares a comunitários.
  • Albergue Noturno: adultos, idosos e famílias.
  • -Casa das Anas: para mulheres com ou sem filhos.
  • -Seacolhe-AIF: para adultos e idosos.
  • -Seacolhe-AIF: para adultos, idosos e famílias

 

Fotos: Isabela Carrari

 

Galeria de Imagens

Operadores sociais que lidam com população de rua posam para foto em escadaria da Prefeitura. Grupo está uniformizado. #Pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.