Conteúdo

Novo Centro Pop fortalece atendimento às pessoas em situação de rua. Assista ao vídeo

25 de janeiro de 2019
15h 54

Com o objetivo de fortalecer ainda mais o atendimento à população em situação de rua, foi inaugurado nesta sexta-feira (25) o novo Centro Pop, situado à Rua Amador Bueno, 446 (Paquetá).

O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua iniciará o atendimento na segunda-feira, com horário de funcionamento das 8h as 17h.

Além de banho e alimentação, o espaço conta com lavanderia, vestiário com fraldário, refeitório com área de convivência e jogos, armários para os atendidos guardarem seus pertences e quatro baias para cães (medida já implantada no Abrigo de Inverno da Prefeitura).

Há, também, uma sala de informática e uma de cinema. Serão oferecidos cursos para inclusão no mercado de trabalho e oficinas culturais de teatro, dança e música.

Durante a solenidade, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa destacou a importância da atuação dos operadores sociais nas ruas da Cidade e nos equipamentos municipais de atendimento. Também enfatizou a importância do novo equipamento no fortalecimento desse trabalho. “Santos é uma cidade de vanguarda no que se refere à oferta de serviços sociais e contamos com uma equipe altamente qualificada para oferecermos o melhor em termos de estrutura para essas pessoas que mais precisam”.

ESTRUTURA

O novo edifício conta com quatro pavimentos (incluindo subsolo). O espaço com 900 metros quadrados é três vezes maior que o Centro Pop antigo, situado na Rua Conselheiro Saraiva, com 265 metros quadrados (cujo prédio será usado pela Seds como base para as equipes de abordagem). Atualmente são atendidas diariamente entre 40 e 45 pessoas por dia, mas a expectativa é de que esse número chegue a 60 no novo prédio.

“Nosso objetivo é melhorar cada vez mais o espaço para garantir a transformação na vida dessas pessoas”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Carlos Alberto Ferreira Mota.

Todos os espaços obedecem às normas técnicas de acessibilidade. Idosos e pessoas com deficiência serão atendidas no térreo. Haverá um serviço de referência multidisciplinar, com avaliação por assistentes sociais, psicólogos e terapeutas ocupacionais.

A obra foi realizada pela empresa Ecoporto Santos, por meio de um termo de medidas de compensação (TRIMMC), em um investimento de R$ 2,6 milhões, ou seja, não houve custos para o Município.

VÍNCULOS

O operador social Alexandre Alves de França vai trabalhar no novo equipamento. “Vai realmente fazer a diferença para essas pessoas que têm apenas como referência a vivência nas ruas. Com a variedade de atividades e espaços de convivência que estarão à disposição, teremos mais chances de criarmos vínculos de confiança, o que facilitará o nosso trabalho de orientar e promover melhorias na qualidade de vida dessas pessoas”.

E quem vê hoje Ricardo Augustos Gôngora, de 50 anos, nem imagina a vida difícil pela qual passou há alguns anos. Depois de uma crise em seu casamento, o que o levou ao alcoolismo, Ricardo não viu outra alternativa a não ser a vida nas ruas, mas esta fase ruim não durou muito. Com o incentivo de um conhecido, procurou um serviço de assistência e foi encaminhado para o abrigo municipal, onde está vivendo até hoje.

Ricardo está desempregado no momento, mas já foi chamado para uma entrevista para trabalhar por meio do projeto Fênix e está estudando para um concurso público. “Fui tão bem atendido que consegui me estruturar e pensar no meu futuro. Tenho o orgulho de dizer hoje que estou há dez meses sem consumir álcool e também estou me dedicando para passar em um concurso público. Tenho muitos planos para a minha vida”.

Fotos: Susan Hortas 

Galeria de Imagens

sala com mesas, cadeiras e computadores #pracegover
sala do equipamento tem painel com foto de mulher #pracegover
sala de atendimento #pracegover
Local para os animais da população em situação de rua #pracegover
fachada do equipamento #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.