Conteúdo

Nova coleta de resíduos praia em Santos complementa estudo sobre poluição

23 de abril de 2020
13h 45

Com o objetivo de identificar as fontes de resíduos marinhos que atingem as praias, a Secretaria de Meio Ambiente (Semam) realizou, na manhã desta quinta-feira (23), uma nova coleta de resíduos na faixa de areia do Boqueirão. 


Foi a segunda coleta feita durante o isolamento da praia. A primeira aconteceu em 27 de março, durante maré alta. Já o trabalho desta quinta contemplou o período de maré baixa. Nas duas ocasiões, o trabalho foi realizado em um trecho previamente delimitado - uma faixa com 15 metros de largura, paralela ao calçadão, seguindo até a zona de arrebentação (areia úmida). 


O sentido dessas duas coletas, neste momento, é mensurar a quantidade de resíduos que chega pelo mar, já que o acesso do público e dos ambulantes à faixa de areia está proibido desde o dia 20 de março.
Nos próximos dias, a Semam fará a triagem do material coletado, composto por pedaços de plástico, bitucas, isopor entre outros resíduos.


Todos os dados serão inseridos na planilha de monitoramento do Programa Nacional de Combate ao Lixo no Mar, lançado em Santos pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em 21 de março de 2019. 
O levantamento faz parte do convênio assinado em 2018 entre a Semam, a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) e a Agência de Proteção Ambiental da Suécia e contou também com a participação da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), campus Baixada Santista.


“Santos, hoje, é referência nacional nesse trabalho”, explica a coordenadora técnica da Abrelpe, a geógrafa Gabriela Gomes Prol Otero.

CONSERVAÇÃO MARINHA

O trabalho desenvolvido no Município deu origem, no final do ano passado, ao Programa Lixo Fora D’água, fruto de convênio entre a Abrelpe e o MMA, que passou a incluir outras seis cidades litorâneas (Balneário Camboriú, Bertioga, Rio de Janeiro, Fortaleza, Ipojuca, em Pernambuco, e São Luiz, no Maranhão).  


No último verão, além da instalação de 20 novos conjuntos na faixa de areia, com três lixeiras cada um, a Prefeitura, em parceria com a Abrelpe, também realizou o projeto-piloto Areia Limpa. Ele consistiu na entrega, para dois ambulantes, de pequenas lixeiras, bituqueiras de bambu, canudos compostáveis, copos não-descartáveis e carrinho para recolhimento de lixo.


Os ambulantes, um no canal 5 e outro instalado no canal 2, receberam orientação sobre descarte correto de resíduos em um workshop, que contou com a participação de profissionais de diversas áreas como biólogos, engenheiros ambientais e designers.
 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.