Conteúdo

Na Vila Progresso, Santos inaugura o primeiro cinema dos morros. Assista ao vídeo da inauguração

18 de agosto de 2018
17h 47

Os morros de Santos ganharam na manhã deste sábado (18) seu primeiro cinema, instalado no Centro Turístico, Cultural e Esportivo Vila Criativa da Vila Progresso (Rua 3 s/nº). Localizado no piso térreo do edifício, que também celebra um ano de funcionamento, a sala de projeção, a quinta pública inaugurada pelo Município, recebe o nome do ator, cinéfilo, militante intelectual e fundador do primeiro cineclube do Brasil, Maurice Légeard.

A cerimônia de inauguração, com participação da população, do prefeito Paulo Alexandre Barbosa, de familiares de Légeard e de autoridades municipais, foi sucedida de exibições da animação Viva - A Vida é uma Festa e do filme Liga da Justiça.

As crianças lotaram a sala para conferir as primeiras sessões. “Gostei bastante do cinema. É bem legal. Gosto de filmes”, disse o estudante Abraão Dantas, de 11 anos, morador da comunidade.

Patrícia Légeard de Oliveira, filha de Maurice, acompanhada do filho Thiago Légeard de Oliveira e de Renato de Oliveira, aprovou o local. “Fico muito feliz pela homenagem. Meu pai batalhou muito pela Cidade e para a exibição de filmes culturais. Acho que a sala é top. Fiquei maravilhada. Vai dar muito certo”.

Com programação gratuita, o cinema da Vila Progresso dispõe de 57 lugares, com sistemas de som e projeção digitais e acessibilidade. As sessões estão previstas para ocorrer sempre aos fins de semana e de acordo com agendamentos de escolas e grupos organizados.

“Antigamente, quem morava na Zona Noroeste e nos morros tinha que ir até o Gonzaga para pegar cinema. Agora isso acabou. Continuaremos atendendo mais crianças e mais jovens, tornando os morros um lugar cada vez melhor para se viver”, disse o prefeito.

O secretário de Cultura, Rafael Leal, também destacou a importância do espaço cultural. “É um equipamento para a população usar, aproveitar e cuidar. Sua inauguração ocorre na mesma data do aniversário da secretária-adjunta de Cultura, Raquel Pellegrini, uma pessoa que batalha muito pelo audiovisual. Uma justa coincidência”.

A obra foi executada com verba do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade), oriunda do Governo do Estado, no valor de R$ 170 mil.

 

Mais salas públicas em Santos

Outras salas públicas de cinema de Santos são o Cine Arte Posto 4 - Sala Rubens Ewald Filho (orla do Gonzaga, ao lado do Canal 3) e o Cine ZN - Sala Toninho Dantas (Centro Cultural da Zona Noroeste, Av. Afonso Schmidt s/nº, no Areia Branca).

O Município também dispõe da Sala de Projeção Chico Botelho (no Museu da Imagem e do Som de Santos, no piso térreo da Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, na Vila Mathias) e da sala de projeção da Vila Criativa da Vila Nova. Em breve também inaugura a sala de projeção da Vila Criativa do Morro da Penha.

 

Foto: Susan Hortas

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.