Conteúdo

Mostra de filmes e poesia em Santos celebra as mulheres negras, latinas e caribenhas

17 de julho de 2019
12h 08

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latina e Caribenha, celebrado no próximo dia 25 e também intitulado no Brasil como Dia Nacional da Tereza de Benguela e da Mulher Negra (Lei n° 12.987/2014), o Instituto Querô realiza a 2ª edição da Mostra Cinematográfica Tereza de Benguela. O evento, com programação nos cinemas da Vila Criativa da Vila Nova (Praça Rui Ribeiro Couto s/nº) e Cine ZN – Sala Toninho Dantas (Av. Afonso Schmidt s/nº, Areia Branca), reúne filmes dirigidos por mulheres da região e rimas de poetisas.

A abertura está marcada para esta sexta-feira (19), às 18h30, na sala de cinema da Vila Criativa da Vila Nova, que recebe exibições de curtas-metragens e de rimas. No sábado (20), a partir das 15h, as atividades ocorrem no Cine ZN. Já no domingo (21), a partir das 15h, a programação retorna para a Vila Nova com a exibição do longa-metragem Slam Voz de Levante e bate-papo entre o público e as poetisas participantes da mostra.

A programação é uma realização do Instituto Querô e Coordenadoria de Cinemas (Cocine), da Secretaria de Cultura (Secult). A Vila Criativa da Vila Nova tem coordenação da Secretaria Municipal de Governo (Segov). Veja mais no facebook.

Sobre Tereza de Benguela

Tereza Benguela liderou, entre 1750 e 1770, após a morte de seu companheiro, José Piolho, o Quilombo do Quariterê, situado entre o rio Guaporé e a atual cidade de Cuiabá, capital de Mato Grosso. O lugar abrigava mais de 100 pessoas. Durante seu comando, a Rainha Tereza criou uma espécie de parlamento e reforçou a defesa do quilombo, onde eram cultivados milho, feijão, mandioca, banana e algodão, utilizado na fabricação de tecidos. Tereza é uma heroína negra cujo nome foi ressaltado devido ao engajamento do movimento de mulheres negras e à pesquisa documental.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.