Conteúdo

Mês do Servidor: funcionária mais antiga da Subprefeitura da Orla, Susilaine se destaca pela colaboração   

10 de outubro de 2019
18h 23

Na porta de entrada do setor administrativo da Subprefeitura da Região da Orla e Zona Intermediária (Sub-ZOI), no Vila Nova, está um adesivo com a frase ‘Pratique a Cortesia’. A equipe que trabalha no local parece seguir à risca o imperativo do verbo, a começar pela funcionária mais antiga dali, Susilaine Alcântara Franco, 52 anos, servidora há 27 na Prefeitura de Santos.

Com perfil colaborativo, a oficial administrativo da Sub-ZOI, ligada à Secretaria de Serviços Públicos (Seserp), já passou por várias gestões, cargos e setores das secretarias de Administração e de Governo e no gabinete do prefeito. “Estou na área administrativa das obras há 24 anos. Como sou a mais antiga, conheço bem a rotina de trabalho, então ajudo todo mundo, até coordeno o operacional”, conta a funcionária, que começou no serviço público como guarda municipal, função que exerceu pouco tempo por ter sido acometida pela síndrome de Raynaud, doença que causa espasmo das artérias levando à diminuição da corrente sanguínea, no seu caso, nos dedos das mãos.

Com tanta papelada, folhas de processos, carimbos, pastas e canetas, a mesa de Susi, como é chamada no trabalho, revela a rotina que ela leva dia a dia, desde o momento em que chega para trabalhar, pouco antes das 7h. “Sou eu que abro o meu setor. Já entro na rotina, leio o DO, vejo as notícias e se tem publicação sobre algum processo. Depois, dou início aos trabalhos”.

Susi faz de tudo: cuida das notificações às concessionárias que prestam serviços para a Prefeitura; dos processos de licitação da Subprefeitura; de todas as informações do setor que precisam estar no Sistema de Informações Geográficas de Santos (SIGSantos), no Sistema de Atendimento ao Usuário (SAU) e no programa de Participação Direta nos Resultados (PDR), lançando documentos e serviços executados. Também ajuda a cuidar do processo digital e faz planilhas e publicações.

“É muita coisa e gosto muito do que faço. Nosso volume de trabalho, de entrada de documentos para execução de serviços, tanto de vias públicas como de próprios, é muito grande. Além disso, atendemos às outras subprefeituras, pois temos as oficinas com serviços que abrangem a Cidade inteira”.

 

JUSTICEIRA E PRESTATIVA

 

Humilde, prestativa, solidária e até justiceira, como ela se qualifica. Susi é querida pelos colegas de trabalho e, em sua trajetória profissional, já indicou funcionários para trabalhar no setor. “Precisávamos de gente e indiquei duas auxiliares de serviços gerais para trabalhar aqui. Sou um pouco justiceira e tento passar essa linha de pensamento para as pessoas”.

A coordenadora técnica da Sub-ZOI, Elen Lemos Miranda, reconhece as qualidades de Susi. “Ela foi a primeira pessoa a me receber quando assumi como coordenadora e me deu todo o suporte. A Susi conhece o trabalho de todos, está sempre disponível, tem muito conhecimento e executa com maestria o trabalho”.  

Susi considera o setor uma família. “É uma equipe maravilhosa. Todos me respeitam muito e eu passo o conhecimento que tenho, pois um dia vou me aposentar. Como servidora, sou uma pessoa satisfeita”.