Seu navegador não possui suporte para JavaScript o que impede a página de funcionar de forma correta.
Conteúdo
Notícias

Medalha homenageia nordestinos, descendentes e personalidades de Santos

Publicado: 19 de novembro de 2022 - 10h43

Uma noite dedicada a homenagear nordestinos, seus descendentes ou personalidades que, de alguma forma, tenham destacado a importância desse povo na construção da história santista. Assim foi a cerimônia de entrega da medalha Coração Nordestino, realizada na Câmara Municipal na noite de sexta-feira (19). O evento, promovido pela Associação Santos Nordestinos, fez parte da abertura do Festival Afro & Empreendedorismo de Santos.

A iniciativa tem apoio da Coordenadoria ds Promoção à Igualdade Racial e Étnica (Copire), da Secretaria da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos (Semulher) de Santos. “Este evento vem dar ênfase maior à comunidade nordestina, que é muito discriminada e que ajudou e ajuda muito a edificar este País. Então, buscamos homenagear essas pessoas para que se sintam revitalizadas e tenham seu trabalho e sua participação reconhecidos”, explica o coordenador de Promoção de Igualdade Racial, Ivo Miguel Evangelista Santos (foto).

Foram destacadas 25 pessoas entre educadores, servidores públicos, empreendedores, músicos, artistas, jornalistas e representantes de outras diversas áreas.

Egle Rodrigues Pereira, a Tia Egle (foto), que luta pela sociabilização de crianças, integrou a lista da 4ª edição do evento. Emocionada, fez questão de ressaltar que se sentia honrada com a condecoração. "É um momento único. Quando somos homenageados pelo nosso trabalho, conseguimos entender o que estamos fazendo e por quê. E quando você fala de nordestino, você fala de resistência".

A comerciante Angelica Carregosa Andrade também estava orgulhosa em receber a medalha. Ao lado do marido, Carleon Batista de Andrade, relembrou o começo da história do casal (foto abaixo) na Cidade. Ela saiu de Sítio do Quinto, na Bahia, nos anos 1990. Já Carleon, chegou antes, na década de 1980.

Donos do Pedra Baiana, eles abriram portas e se estabeleceram no segmento da gastronomia, focando na culinária nordestina que sempre esteve bem representada em seus restaurantes. "É um orgulho muito grande. Fomos muito bem recebidos em Santos e ficamos muito gratos por fazer parte da história da Cidade, por gerar empregos aqui. Hoje temos 23 funcionários. Temos muita gratidão por tudo. Nordestino é assim: a gente ri da miséria, sorri para ela e não desiste nunca", diz ela.

Enquanto aguardava Angelica receber a medalha, Carleon diz que passou um filme pela cabeça. “Foi meio difícil no começo. Mas a gente tem muita fé e hoje dá um orgulho muito lembrar de tudo que passamos”.

INSPIRAÇÃO

Também homenageada, a vice-prefeita Renata Bravo conta que também ficou comovida em receber a medalha Coração Nordestino. “A noite de hoje nos proporcionou escutar histórias inspiradoras. Mas é importante destacar que ainda existe preconceito e, já que estamos na semana da Consciência Negra, e em um momento tão delicado do País, temos de aproveitar este momento para começar um novo Brasil, uma nova sociedade, eliminando racismo e preconceito e falando mais de respeito e dignidade”.

 

Confira a lista dos homenageados

Adriano Leocádio

Aluísio Antônio da Silva

Angélica Andrade Aurelia Rios

Dalilhia Brito

Egle Rodrigues

Felipe Romão

Francisco Costa

Francisco Albuquerque

Geovana Borges

José Virgílio Figueiredo

José Sueldo

Luigi Di Vaio

Luciano dos Santos

Kamila Tamashiro

Maria Romão

Marilza Cerqueira

Paula Silva

Paulo Alexandre Barbosa

Regina Vieira

Renata Bravo

Renato Azevedo

Rivaldo S. A. Júnior

Rodrigo das Neves

Vanessa Faro

Galeria de Imagens

Músicos com instrumentos e roupas tradicionais nordestinas. #paratodosverem
Música nordestina fez parte do evento.
Público lota auditório da Câmara. #paratodosverem
Cerimônia contou com grande público.
Autoridades destacaram importância do Nordeste para o País.