Conteúdo

Maracatu diverte e ensina crianças de escola na Zona Noroeste de Santos

28 de agosto de 2019
14h 54
alunos tocam instrumentos típicos #pracegover

“Tocar... tocar... é bom”, falava em alto e bom som, de forma ritmada, o músico Felipe Romano, enquanto batia em sua alfaia (instrumento de percussão semelhante a um tambor). Na plateia, um grupo atento, mas não menos agitado, de jovens entre 12 e 14 anos, todos alunos da escola municipal José Carlos de Azevedo Júnior (Castelo), que na manhã desta quarta-feira (28) recebeu o projeto Hora da Cultura.

Romano é coordenador do Quiloa, grupo de maracatu que a partir deste mês passa a integrar a grade de atrações do projeto, parceria entre as secretarias de Cultura (Secult) e de Educação (Seduc). Os outros seguimentos demonstrados durante as ações são cinema, teatro, música instrumental, circo e contação de história.

Após falar da origem do maracatu, com mais de 200 anos de história, Romano e duas integrantes do grupo foram apresentando, um a um, os instrumentos que fazem a base do ritmo de matriz africana. Além da alfaia, os estudantes conheceram os sons gonguê e do agbê. Mas, como já havia adiantado Romano: “tocar... tocar... é bom”, e o momento da aula prática foi certamente o mais divertido para os estudantes, que não encontraram dificuldade em acompanhar a forte batida e o ritmo do maracatu.

“Nunca tinha ouvido falar do maracatu. Achei tudo muito divertido e vou pesquisar um pouco mais do assunto na internet”, afirmou a aluna do 7º ano, Anna Luyza Cristina Silva. Já o estudante do 6º ano, Kaue dos Santos, encantou-se com o som o agbê. “É a primeira vez que toco um instrumento como aquele. É diferente, tem um som muito legal”.

Ainda na manhã desta quarta, na mesma unidade de ensino, os alunos do maternal e do jardim, com idades entre 4 e 5 anos, também se divertiram com os sons e instrumentos do maracatu. Encerrando as atividades do mês de agosto do Hora da Cultura, haverá sessões de cinema na escola Leonardo Nunes, nesta quinta (29), e apresentações da peça Procurando Firme, na unidade Florestan Fernandes, na sexta-feira (30).

Fotos: Susan Hortas

Galeria de Imagens

homem toca bumbo e passa na frente de estudantes #pracegover
alunos e professores tocam instrumentos #pracegover
meninos tocam instrumentos #pracegover
menino sorri na frente de bumbo #pracegover
alunos levantam as mãos #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.