Conteúdo

Licitação para obras na Praça Mauá avança para segunda fase

26 de fevereiro de 2018
17h 56

A tomada de preços para definir a empresa que vai implantar três novos abrigos de ônibus, 12 lixeiras e 15 bicicletários na Praça Mauá tem quatro empresas habilitadas, ou seja, aptas a executar as obras. É um investimento estimado de R$ 309.818,98, com prazo de execução de quatro meses. A estimativa é de que os serviços comecem este semestre.

Trata-se do convênio Revitalização da Praça Mauá 2ª etapa, com o governo do Estado. Um total de R$ 264.701,60 são oriundos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur) e o restante, exatos R$ 45.117,38, contrapartida da Prefeitura.

As quatro empresas habilitadas são: Engeterpa, MR. Comercial e Logística, MR Construtora e Spalla Engenharia. Já foram abertos os envelopes dos preços e, após análise da Comissão de Licitação, serão publicados no Diário Oficial, com prazo de cinco dias para recurso. Concluindo o processo licitatório é feita a homologação, empenho e assinatura do contrato.

 

COMPLEMENTAÇÃO

A intervenção na Praça Mauá vai complementar a revitalização entregue em 2016. Os três abrigos de ônibus serão em estrutura metálica, com cobertura de policarbonato e bancos. Eles substituirão os antigos, do lado da Rua General Câmara.

As lixeiras em concreto serão distribuídas ao redor da praça e os bicicletários, em aço inoxidável, ficarão nos vãos próximos às escadarias laterais do Paço e defronte aos Correios, na Rua Cidade de Toledo.

 

Foto: Raimundo Rosa

 

 

Conteudo do Portal de Infraestrutura

Para ver todas as novidades sobre "Paraciclos" visite o Portal Infraestrutura

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.