Conteúdo
Notícias

Intervenção reduz risco de alagamentos em bairro da Zona Noroeste de Santos

Publicado: 16 de agosto de 2021
11h 05

Uma caixa de decantação (separação) de resíduos, com capacidade para cerca de 10 mil litros, passou a receber na última sexta (13) as águas pluviais que descem pela Rua das Pedras (Morro do Tetéu), reduzindo os riscos de alagamentos no Caminho São Jorge, no bairro Caneleira.

Construída pela Subprefeitura da Zona Noroeste, subordinada à Secretaria de Serviços Públicos (Seserp), a caixa tem por finalidade reter resíduos carreados pela água e reforçar o sistema de drenagem.

“A ocorrência de chuvas constantes já representou um teste e verificamos que o Caminho São Jorge não sofreu acúmulo de água”, comemorou o assessor técnico da Seserp, Alan Kardec Chagas de Araújo. Essa obra emergencial mudou o curso da água das chuvas, ao captar esse volume e enviá-lo para a Rua Marcelo Martins Vicente.

SISTEMA

A caixa de decantação funciona como um sistema auxiliar, interligado a tubulações de 500 milímetros e manilhas com diâmetro de 500 a 1.200 milímetros. Na calçada, foi construída uma caixa com três bocas-de-sapo (boca de lobo em formato de meia-lua) - com 1,20m de largura e 0,90m de profundidade - integrada ao sistema de drenagem do Caminho São Jorge.

No final do mês passado, as manilhas dos 300m lineares da galeria do Caminho São Jorge foram limpos pela Prefeitura, com a retirada de pedaços de colchão de espuma, plásticos, lixo e até concreto. Os trabalhos resultaram na remoção de 8 toneladas de detritos, além da retirada de quantidade similar de lixo do canal da Viela Sebastião de Castro Rios. 

Foto: Divulgação Seserp.