Conteúdo

Ilha Diana, em Santos, recebe centenas de visitantes para Festa de Bom Jesus

10 de agosto de 2019
18h 47
Cerca de 50 pessoas em pé e sentadas junto a mesas comem e bebem em área aberta com palmeiras junto ao mar #pracegover

A tradicional Festa de Bom Jesus vem atraindo centenas de pessoas à Ilha Diana desde o início deste ensolarado sábado (10). Várias barcas trazem visitantes para saborear a gastronomia caiçara e conhecer a igreja especialmente enfeitada para a data que homenageia o padroeiro local, além de curtir a bela natureza do lugar. O evento, promovido pela Catedral, vai até as 23h e prossegue no domingo (11), das 10h às 23h.

À tarde, houve missa na Igreja do Bom Jesus, celebrada pelo padre Claudenil Moraes da Silva, dando sequência à programação religiosa iniciada na terça-feira, com procissão marítima em torno da ilha, seguinda da bênção dos anzóis. O espaço foi decorado por Josiane Ribeiro, da própria comunidade.

Em cinco barracas, os visitantes encontram tainha assada, isca de peixe, camarão, marisco à vinagrete, lambe-lambe, frango, pastel, minipizza, contrafilé na chapa, churrasco, fritas, lanches e salgados, além de bebidas diversas. E tudo preparado pelos próprios moradores. O público também terá à disposição quatro tendas com mesas e cadeiras.

O comerciante João da Silva Pinto, 55, participa da venda tainhas assadas de aproximadamente 1,7 quilo cada, acompanhadas de arroz, farofa e vinagrete por R$ 80,00. “Espero vender mil pratos nos dois dias”.

Já na Barraca do Leo e Wellington, o churrasco é o carro-chefe e sai por R$ 5,00 individual e com acompanhamentos, R$ 7,00. “Ainda temos bolo no pote, pastel, torta e outras delícias a preços acessíveis”, disse Wellington da Silva Gomes, 25. Ele disse que o movimento está maior este ano.

 

Participantes

O secretário de Turismo, Odair Gonzalez, explicou que a festa é muito importante para a comunidade local, composta de 262 moradores. “Resgata a autoestima e é bom para a economia. Eles se preparam para este momento”.

Ele ainda lembrou que muitos dos presentes ainda não conheciam a Ilha Diana. É o caso de Tatiane Cristina Carvalho Reis, 16, e Jaqueline Ribeiro, 17, que estavam pela primeira vez no local. O convite veio da amiga Vitória Queiroz, 19, que já havia ido à festa. “Gostamos de tudo, da comida, da natureza, da capela”, comentou Jaqueline.

Voluntárias e funcionárias da Catedral também prestigiaram a festividade. Para Maria Helena Pereira, 56, foi novidade. Já Sebastiana Alvim Nascimento, 52, chega à terceira edição. “Aqui tudo é lindo, mas o que mais gosto é da igreja”.

 

Shows

A programação inclui shows promovidos pela Prefeitura. Neste sábado (10), às 18h, é a vez do Grupo Beco do Samba e, duas horas depois, Samba do Tchu Tchu Tchu, com integrantes do Ouro Verde. Às 22h, tem samba de raiz com a Velha Guarda da Vahia.

O sertanejo Bryan abre, às 14h, a programação musical de domingo (11), que tem ainda, na sequência, Roda de Samba do Ouro Verde e Musical Oscar Guzella. A festa contará com a retaguarda do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal e do Samu, além de equipes de apoio e limpeza da Administração Municipal.

 

Transporte

Haverá transporte gratuito para a ilha nas barcas da CET e nas duas embarcações disponibilizadas pela operadora portuária DP World, com saídas da estação de embarque do Centro Histórico, localizada atrás da Alfândega.

No sábado (10), as barcas da CET partem de Santos às 8h, 10h, 12h, 13h10, 16h, 18h, 19h, 22h e 0h. Já as duas barcas disponibilizadas pela DP World saem de Santos às 9h, 9h30 e 10h, reduzindo-se depois o intervalo para 15 minutos (exceto às 12h, com partida seguinte só às 14h), até as 20h30 – o último horário será às 21h.

Já as saídas da Ilha Diana com destino a Santos, nas barcas da CET, ocorrem às 9h, 11h30, 12h30, 15h30, 17h30, 18h30, 21h30 e 23h30. As embarcações da DP World terão intervalo de 15 minutos até as 11h15, depois partirão às 11h45, 12h15 e 14h15, voltando à frequência anterior até 15h45 – os próximos horários serão 15h45, 17h45, 18h15, 19h45 e, na sequência, saídas a cada 15 minutos, com a última barca às 23h45.

Galeria de Imagens

#pracegover Cerca de 40 pessoas aquardam em plataforma para embarque em pequeno barco
Prefeitura e operadora marítima oferecem transporte de barcas
#pracegover Mulher fotografa idosa junto a estátua de Jesus dentro de igreja
Igreja local foi enfentada especialmente para o evento
#pracegover Sob tenda, cerca de 50 pessoas sentadas junto a mesas comem e bebem
Cardápio gastronômico é uma das atrações da festa
#pracegover Foto mostra 10 tainhas sendo assadas sobre a brasa
Tainha assada é um dos pretos desgustados pelos visitantes