Conteúdo

Grupo de servidores é criado para discussão de políticas públicas a crianças e adolescentes  

2 de maio de 2019
13h 39

Com objetivo de estabelecer um elo entre os trabalhos desenvolvidos por servidores das secretarias de Educação (Seduc), Desenvolvimento Social (Seds) e Saúde (SMS) no atendimento a crianças e adolescentes, a Prefeitura criou o projeto Olhar Entre Rede, financiado pela Fundação Itaú Social. A iniciativa é do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A iniciativa prevê uma formação profissional para 70 pessoas, incluindo 20 servidores de cada pasta e conselheiros tutelares, em nove encontros mensais ao longo do ano. O objetivo é estimular o diálogo entre as políticas públicas municipais para fortalecer o sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes da Cidade.

O primeiro encontro foi realizado na terça-feira (30), no Centro de Formação Darcy Ribeiro. Os participantes realizaram dinâmica de funcionamento das rotinas de suas secretarias. Servidores da Seduc citaram o trabalho desenvolvido pelas orientadoras vocacionais, representantes da Seds comentaram sobre os trabalhos desenvolvidos nos Núcleos de Atendimento Integrado e os profissionais da SMS relataram as funções desempenhadas nas Policlínicas.

 

Foto: Marcelo Martins

 

Conteudo do Portal de Conselhos

Para ver todas as novidades sobre "CMI" visite o Portal Conselhos

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.