Conteúdo

Gibiteca comemora 26 anos com festa e atividades

16 de dezembro de 2018
8h 09

O sábado (15) foi de comemoração na Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes (Posto 5, no Boqueirão), que celebra 26 anos de funcionamento. Com direito a bolo e parabéns pra você, a festa também contou com uma Feira de Artes Impressas, reunindo trabalhos de ilustradores locais, e a miniexposição de Star Trek, com artigos pertencentes a Heitor Teixeira e ao ilustrador Alexandre Barbosa, conhecido como Bar. A programação continua neste domingo (16).

Também ocorreu neste sábado (15) uma mostra coletiva de artistas da região sobre Stan Lee, o criador de diversos super heróis de sucesso que morreu neste ano; homenagem ao jornalista Marcel Rodrigues Paes, patrono da Gibiteca; e bate-papo com os autores e ilustradores Thiago Spyked, Fernanda Montoni, Caio Gomes e Michel Ramalho.

“A população se apropriou da Gibiteca. É o público que mantém vivo esse espaço tão importante da Cidade, que continua incentivando a leitura e formando apaixonados pelo universo geek, que é tão rico”, disse o secretário municipal de Cultura, Rafael Leal, que marcou presença na festa.

O ilustrador Alexandre Bar, que acompanhou a inauguração da Gibiteca e foi companheiro de trabalho de Marcel Paes, também comentou a importância do equipamento. “Trata-se de um ponto de fomento para as pessoas que curtem não só a história em quadrinho, mas muita coisa relacionada à cultura pop. Quem vem aqui acaba conversando com gente que se liga em série de tevê, desenho animado, escultura, e isso fomenta todo esse mercado criativo”.

A pesquisadora Daniela Marino, que deixou disponível na Gibiteca sua dissertação de mestrado sobre o universo dos quadrinhos, ressaltou que o espaço possibilita o acesso gratuito à cultura. “O público pode conhecer artistas que não estão na grande mídia. A Gibiteca tem papel fundamental na difusão dos quadrinhos nacionais, tanto que ganhou um troféu por isso, o Jayme Cortez (categoria do Prêmio Ângelo Agostini). Além disso, quem vem aqui tem acesso gratuito a cursos e a artes, o que também constitui uma forma de exercer a cidadania”.

Afetividade - “As pessoas têm uma relação afetiva com esse local. Muita gente aprendeu a desenhar nos cursos da Gibiteca. Também se apaixonou pela leitura e passou a se interessar por quadrinhos aqui. Essa relação emocional é muito forte principalmente nos artistas. Mas, apesar de manter esse vínculo, estamos sempre estimulando novos leitores. Temos eventos gratuitos, relacionados ao universo geek, praticamente todos os sábados”, disse a coordenadora cultural da Gibiteca, Narayana Fida Mamede.

A programação de aniversário continuará neste domingo (16). Começa às 15h, com a palestra O Processo de Legitimação Cultural das Histórias em Quadrinhos, com a pesquisadora Beatriz Siqueira de Carvalho, vencedora do Troféu HQMix em 2018. Logo após está programada a cerimônia de criação do Grupo de Estudos e Pesquisas Sônia Maria Bibe Luyten.

Além de ceder seu nome, Sônia Maria recebe homenagens pelo trabalho como pesquisadora ligada às histórias em quadrinhos e especialista na cultura pop japonesa. Na sequência, a pesquisadora se junta a Beatriz Sequeira de Carvalho em um bate-papo sobre pesquisas na área de Quadrinhos, sob mediação de André Rittes.

Fotos: Isabela Carrari.

Galeria de Imagens

Artistas realizam ilustrações em estande do lado de fora da Gibiteca. #pracegover