Conteúdo

Força-tarefa contra roedores é realizada no canal 5

12 de abril de 2018
17h 45

Nesta quinta-feira (12), as Secretarias de Saúde, Finanças e Meio Ambiente realizaram força-tarefa em nove quiosques do canal 5 com o objetivo de combater a proliferação de roedores na orla. Foi a terceira ação deste tipo em duas semanas. Apenas um estabelecimento, que só abre no período noturno, não passou por vistoria.

A Seção de Vigilância Sanitária emitiu oito intimações, por falta de documentos e licenças; a Seção de Vigilância e Controle de Zoonoses desratização e orientou os quiosqueiros com relação ao descarte correto do lixo e higienização de forma a evitar que restos de alimentos fiquem à disposição de roedores.

A Secretaria de Meio Ambiente intimou os quiosques de coco a fazer a coleta, transporte e destinação dos restos da fruta, de acordo com a lei que obriga os grandes produtores de resíduos (120 kg ou 200 litros diários) a fazer a gestão de forma independente do serviço público.

“Estamos fazendo um trabalho intenso e o resultado tem sido muito bom. Mesmo que ocorram intimações, percebemos o interesse dos comerciantes em implantar as melhorias, que beneficiarão seus clientes e eles próprios”, destaca Juliana Mikaro, coordenadora de Vigilância em Saúde 2 da Secretaria de Saúde.

 

Foto: Francisco Arrais