Conteúdo
Notícias

Famílias são transferidas para implantação de drenagem na ZN

Publicado: 3 de dezembro de 2018
14h 32

A Prefeitura e a Cohab Santista já removeram 94 famílias, de um total de 120, que estavam vivendo na Vila Alemoa, em pontos que obstruem a passagem do Rio Furado. Todas serão transferidas para o conjunto habitacional Caneleira 4. As mudanças são acompanhadas por assistentes sociais que dão orientações sobre o modo de vida em condomínio.

As remoções são necessárias para a implantação de um projeto de drenagem - por meio dos programas Santos Novos Tempos e Nova Entrada de Santos - que facilitará o escoamento de água e reduzirá as enchentes e alagamentos nessa região. O fluxo do Rio Furado vem da drenagem da Rodovia Anchieta, da Vila Haddad, do Morro Santa Maria e de parte do Saboó, desembocando no Rio São Jorge.

Ao retirar os barracos, as equipes da Prodesan fazem a limpeza e remoção de materiais inutilizados que ficam no local. A subprefeitura da Zona Noroeste fiscaliza os serviços, que devem durar cerca de 120 dias. Todo o material está sendo reunido para agilizar a retirada total.  

CANELEIRA 4

As unidades habitacionais do Caneleira 4, que serão entregues pela Cohab, têm dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço com água, luz e gás individualizados. Os contemplados – que já haviam sido cadastrados pela Prefeitura – pagam pelo menos 15% do salário mínimo, o que representa R$ 143,10 por mês.