Conteúdo

Estudantes fazem reflexão sobre violência sexual contra crianças

21 de maio de 2019
18h 11

Alunos ligados aos grêmios estudantis das escolas Judoca Ricardo Sampaio (Caruara) e Monte Cabrão, ambas na área continental de Santos, participaram nesta terça-feira (21) de uma reflexão sobre o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

A turma recebeu informações sobre o que são o abuso e a exploração sexual, esclarecimentos sobre situações de perigo, quem pode ser o abusador, onde e quando os casos podem ocorrer. Também foram orientados sobre as formas de denunciar essas situações.

O bate-papo foi realizado no auditório da Secretaria de Educação (Seduc), no Centro, como parte da programação do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, no 18 de maio, que se iniciou no último dia 15.

A conversa foi conduzida pela orientadora educacional e educadora sexual da Seduc, Christiane Andréa. “Temos que dar oportunidade para que os adolescentes discutam e reflitam sobre este assunto para que, caso passem por situações de abuso, saibam o que fazer e a quem pedir ajuda”.

Luiz Carlos de Sá Araújo, 15, presidente do grêmio da unidade Monte Cabrão achou importante a atividade. “Muito bom refletir sobre este assunto”. A presidente do grêmio da escola Judoca, Laryssa Gabriela da Silva, 13, também gostou. “Há crianças que passam por isso e têm medo e podemos ajudar”.

A professora responsável pelos dois grupos, Thatiana Antunes, afirmou que foi um encontro muito válido. “Esta é uma realidade que encontramos em nossa sociedade e é essencial este tipo de bate-papo”. A articuladora dos grêmios na Seduc, Sheila Dantas, destacou que os alunos dos grêmios serão os multiplicadores das boas práticas. “Eles poderão falar sobre o assunto com suas famílias, amigos e os demais colegas”.   

 

Foto: Marcelo Martins

 

 

 

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.