Conteúdo

Estudantes de Santos produzem reportagens em oficina com jornalista

18 de abril de 2019
10h 28

Manchete de 2013 do jornal Folha de São Paulo sobre as manifestações políticas brasileiras; notícia sobre a conquista do bicampeonato mundial do Brasil na revista O Cruzeiro de 1962; matéria da década de 70 sobre saúde na revista Realidade e outra sobre viagem em publicação dos anos 90. Todas essas notícias foram transformadas em reportagens atuais pelos alunos das escolas Mário de Almeida Alcântara (Valongo) e Avelino da Paz Vieira (Vila Nova), participantes do projeto Memórias em Rede.

Foi a oficina desta quarta-feira (17) realizada na escola Avelino com o jornalista Juliano Dip, da TV Band, convidado especial do projeto, que mostrou aos alunos sua experiência na reportagem televisiva. Depois de assistirem a uma matéria produzida por ele com o auxílio de um celular para o Jornal da Band, os estudantes escolheram jornais e revistas antigos para ler e reconstruíram as matérias em novas reportagens feitas também por celular.

“Gosto de futebol, por isso escolhi o assunto para fazer minha reportagem. Foi divertido”, disse o aluno Claudio Rocha, 13 anos, que até improvisou um estúdio para fazer a matéria junto com os colegas, com direito a mostrar lances da partida histórica. A atividade também foi interessante para sua colega Júlia Ribeiro da Silva, 13. “Aprendi a ser repórter”.

Contar histórias

A atividade teve como objetivo ressaltar aos alunos o princípio básico do jornalismo: contar histórias. Todo o material será transformado em uma grande reportagem, a ser publicada no canal do Instituto Devir Educom no Youtube.

“Todo mundo é um pouco noticiário de si mesmo. E os alunos perceberam que sabem contar uma história. O repertório que eles têm é incrível. Mergulharam em um universo que não é o deles e, com o repertório deles, montaram quatro reportagens em 40 minutos”, disse o jornalista, que está há quatro anos na TV Band, já foi repórter do programa CQC e do programa Aqui Agora (SBT), e das rádios Globo e CBN.

Projeto

O Memórias em Rede é uma iniciativa conduzida pelos princípios da Educomunicação e apoiada nos recursos da Comunicação e da Tecnologia. Visa promover o protagonismo de jovens e a troca de conhecimento entre gerações. Ao ‘brincarem’ de ser jornalistas, editores, produtores ou técnicos, exercitam a cidadania, resgatam a autoestima e desenvolvem o sentido de pertencimento por onde vivem. Conta com a parceria da Escola SuperGeeks de Santos e do Museu da Pessoa (SP), e apoio da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação (ABPEducom).

Fotos: Andressa Luzirão

Galeria de Imagens

jornalista fala aos alunos sentados #pracegover
jornalista fala aos alunos sentados #pracegover
aluno filma outros jogando futebol #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.