Conteúdo

Estuário terá o 1º mutirão de combate à dengue de 2020

4 de fevereiro de 2020
14h 26

O trabalho permanente de busca e eliminação de criadouros do mosquito Aedes Aegypti será intensificado a partir deste mês pela Prefeitura de Santos, com o retorno dos mutirões de vistorias. A primeira ação de 2020 será realizada nesta quarta-feira (5), das 8h às 17h, no Estuário, quando 1.858 imóveis do bairro serão percorridos pelos agentes de combate a endemias, com apoio de agentes comunitários de saúde para orientação da população.

 

O ponto de partida será a Praça Nossa Senhora de Aparecida. O Estuário foi escolhido por estar entre os bairros com maiores índices de mosquitos capturados pelo sistema de monitoramento da Secretaria de Saúde. Em 2019, foram realizados 23 mutirões de vistorias na Cidade, que resultaram na eliminação de mais de 1.300 focos de mosquitos.

 

“Já intensificamos também nesta temporada de verão a orientação de munícipes e turistas sobre as medidas de prevenção, com ações semanais nas travessias de balsas e de passageiros Santos/Guarujá, rodoviária e terminal Concais”, ressalta a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Ana Paula Valeiras.

 

O trabalho de vistoria aos imóveis é permanente e ocorre durante todo o ano, nas rotinas das equipes próprias de cada localidade, com o suporte das armadilhas de captura dos mosquitos e sistema georreferenciado que indicam os pontos de maior incidência do Aedes.

 

 

CASOS

Em 2019 (janeiro a dezembro), foram confirmados 148 casos de dengue, 13 de chikungunya e um de zika vírus entre residentes de Santos. No ano anterior (2018), foram 38 de dengue, 1 de zika vírus e 10 de chikungunya.

 

As denúncias sobre imóveis com criadouros podem ser feitas pelos canais da Ouvidoria: telefone 162 ou pessoalmente no Paço Municipal (Praça Visconde de Mauá s/nº – térreo) - de segunda a sexta, das 8h às 18h – ou pela internet.

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.