Conteúdo

Escolas recolhem 400 litros de óleo usado e ultrapassam meta de programa ambiental

10 de março de 2020
15h 20

As seis escolas municipais de Santos que participam do programa Meio Ambiente nas Escolas (PMANE) recolheram, em outubro e novembro, 400 litros de óleo de cozinha usado, ultrapassando a meta inicialmente prevista, que era de 300 litros.

O PMANE é um programa que tem como objetivo instalar, em escolas públicas, pontos de coleta de óleo de cozinha usado, promovendo ações de educação ambiental. O óleo recolhido é usado para reciclagem, por parte da indústria, para diversas utilizações, como a produção do biodiesel.

Em Santos, o programa teve início em outubro, após assinatura de parceria entre os fabricantes de óleo comestível e as secretarias de Meio Ambiente (Semam) e Educação (Seduc), quando as metas para 2019 foram estabelecidas. As escolas inicialmente definidas como pontos de coleta foram Auxiliadora da Instrução, João Papa Sobrinho, Martins Fontes João Batista, Avelino da Paz Vieira, Mario de Almeida Alcântara e Doutor Porchat de Assis.

Para este ano, a proposta do PMANE é ampliar o programa, totalizando, até dezembro, 20 unidades cipal como pontos de coleta de óleo. “Pelo pouco tempo de trabalho, o resultado superou as nossas expectativas”, afirmou Leonardo Giardini, representante da Preserva Recicla, empresa contratada pela indústria do setor de óleos comestíveis para implantar o serviço no município.

O PMANE atende à Lei Federal 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e criou a Logística Reversa (LR), que consiste na instalação e administração de pontos de entrega voluntária (PEV’s) de resíduos como pilhas e baterias, eletroeletrônicos, remédios, pneus, lâmpadas e óleo de cozinha, entre outros.

Santos já tem PEV’s de lâmpadas, pneus, remédios, pilhas e baterias. Os endereços desses PEV's podem ser consultados na internet. 

OBJETIVOS

O objetivo do Programa é desenvolver ações para a redução na geração de resíduos, sensibilizando e orientando todos os envolvidos para a prática de hábitos de consumo sustentáveis, incentivando o aumento da reutilização e reciclagem dos resíduos, inclusive de embalagens pós-consumo. Para isso, a Preserva Recicla realiza atividades culturais em cada escola, oferece capacitação para os gestores das unidades envolvidas, distribuindo panfletos, brindes, cartazes e uma certificação para cada escola.

O PMANE em Santos é realizado pelo Instituto Auá de Empreendedorismo Socioambiental, em parceria com a Preserva Recicla e o apoio da Importação, Exportação e Indústria de Óleos S.A. Araucária (IMCOPA).