Conteúdo

Enfermeiro um exemplo de amor aos pacientes e à profissão

11 de maio de 2001
0h 00

Uma vida dedicada à enfermagem. Ou melhor, cuidando de pacientes. São 34 anos de dedicação exclusiva, sempre com uma palavra de conforto e de otimismo. Hoje (12), ´Dia Internacional do Enfermeiro´, ela é o maior exemplo de como devem ser as enfermeiras no trato com os doentes e familiares. Sempre disposta a ajudar a quem necessita, Ana Maria Fernandes da Silva, nos 15 anos que trabalha no Pronto-Socorro Central, ficou conhecida pelo seu desempenho. Tem hora apenas para entrar no serviço; para sair, só quando sentir que está tudo bem, não importa se já passou das 20, 21 ou 22 horas. Quem pensa que, mesmo deixando o PS no final do expediente, acabam as preocupações de Ana Maria, se engana. Não consigo deixar de pensar nos pacientes e em tudo que preciso fazer, fala com simplicidade, garantindo que o trabalho e seus pacientes estão em primeiro plano e depois a família. Para justificar o amor que tem pelas pessoas que cuida diariamente, Ana Maria não esconde o carinho que tem pelos familiares: Durmo e acordo pensando em meu trabalho. Sempre sonhei em ser enfermeira e, desde os 17 anos, comecei a trabalhar, na época como atendente na Santa Casa de Santos, para depois ser auxiliar de enfermagem e, em seguida, enfermeira. Consegui me realizar como profissional e se tivesse que começar tudo de novo, faria com o maior prazer, confessa, não escondendo a preocupação de deixar por alguns minutos o local de trabalho para dar a entrevista.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.