Conteúdo
Notícias

Encontro discute importância da bicicleta na mobilidade urbana

Publicado: 26 de novembro de 2009
0h 00

Debate de ideias e um balanço das ações realizadas nos últimos três anos em prol da mobilidade urbana na Região Metropolitana da Baixada Santista. Este foi o 1º Encontro de Mobilidade Urbana Sustentável através da Bicicleta, realizado quinta (26) de manhã na Associação Comercial de Santos, Centro Histórico, promovido pela ABC (Associação Brasileira de Ciclistas), com apoio da prefeitura. Dois blocos nortearam as discussões - Políticas públicas e a mobilidade urbana através da bicicleta e Educação para o trânsito, cidadania, legislação e fiscalização -, que contaram com a participação de representantes de diversas entidades, instituições e municípios da região. "Santos tem a primeira ciclovia inteligente, que interliga vários bairros", destacou o presidente da ABC, Jessé Teixeira Félix. Na ocasião, ele apresentou o embrião do projeto da entidade chamado Bike Boy, entregadores de produtos e encomendas por meio de bicicletas. O secretário municipal de Planejamento, Bechara Abdalla, falou da necessidade de estimular outras políticas associadas ao uso do transporte coletivo e bicicletas. Também salientou que a implementação do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) será uma alternativa eficaz integrada à rede cicloviária, pois o ciclista poderá colocar sua bicicleta dentro do vagão. "Precisamos mudar esta cultura de estimulação do sistema rodoviário, que afeta as cidades brasileiras de médio e grande porte. Às vezes as pessoas se deslocam de carro para ir à padaria próxima de casa. É saudável ir a pé. São pequenas atitudes que darão à cidade maior qualidade de vida". As ações de educação e fiscalização realizadas pela CET-Santos (Companhia de Engenharia de Tráfego) foram abordadas pelo coronel Oscar Pereira da Silva, assessor da CET e integrante do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). Já a experiência de Praia Grande foi relatada pela chefe da Seção de Educação, Elaine Fornazieri, que falou das ações educativas ao ciclista desenvolvidas naquela cidade. Também participaram do evento representantes da Agem (Agência Metropolitana da Baixada Santista), Associação dos Ciclistas de Santos, Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo), Sesc, Ênfase – Enfermagem e Assessoria, escola Ácacio de Paula Leite Sampaio, alunos da Escola de Ciclismo da Semes (Secretaria de Esportes), Escola de Educação Especial Senador Feijó, outras entidades de ciclistas e população em geral. O encontro contou também com o apoio da Mult Imagem, Associação Comercial de Santos, Escola El Shaday, Ecovias, Terracom, Sabesp e Microlins.