Conteúdo

Educadoras de escola de Santos recebem premiação por oficinas de comunicação

1 de novembro de 2019
17h 44

O trabalho desenvolvido nas oficinas de Rádio, TV e Jornal na escola municipal João Papa Sobrinho (Gonzaga) recebeu a segunda colocação no 1º Prêmio Professor Transformador, realizado pelo jornal Joca, voltado para o público infantojuvenil.

As educadoras Isabella Chiaradia, 22, e Vitória Aparecida, 24, que hoje não atua mais no projeto, foram premiadas na tarde desta sexta-feira (1º), no auditório da escola. “Tudo começou há três anos com a Vitória. Eu a ajudava em 2018 de forma voluntária e este ano entrei como educadora, dando continuidade ao projeto, atuando com os alunos dos 4os e 5os anos”, contou Isabella.

Nas oficinas, os estudantes discutem sobre as principais notícias, aprendem sobre como realizar reportagens, fazer as perguntas e gravar no celular, entre outras ações. Mensalmente, eles produzem o Jornal Papa Show Notícias, que ano passado era chamado de Jornal Curioso.

“A criação do nosso jornal impresso é inspirada no Joca. Queríamos que os alunos percebessem que eles têm potencial para sugerir pautas, contribuir com textos e comentários, e, mesmo fora da escola, continuar realizando essas funções como hábito ou hobby”, explicou Isabella.

De acordo com a diretora educacional do Joca, Mônica Gouvêa, o prêmio busca identificar práticas que impactem a comunidade. “Também temos o interesse em saber o que está sendo realizado, utilizando o jornal como apoio, e não somente o Joca”. Ela destacou que o periódico criado pelas educadoras é um trabalho interessante, que ultrapassa os muros da escola. “Elas estão contribuindo para informar e formar cidadãos leitores, críticos, reflexivos e engajados com as questões sociais”. A analista pedagógica do Joca, Poliana Silva, também prestigiou a premiação.

Vitória e Isabella, que também são jornalistas, ganharam uma placa de agradecimento, um ano de assinatura do Joca (on-line e impresso), curso de formação e dois volumes de um guia com atividades para serem desenvolvidas com os alunos.

Emocionada, a diretora da unidade, Eliana Paulo, afirmou que o prêmio foi uma surpresa maravilhosa. “As educadoras são comprometidas e realizaram um ótimo trabalho com os alunos. A premiação é importante, mas, mais do que isso, tivemos outras conquistas: o aprendizado das crianças, a construção da cidadania e a ampliação do horizonte de nossos estudantes”.

RÉPORTERES

Heitor Augusto dos Santos Silva, 10, estava muito feliz com o prêmio. “Muito legal! A oficina é muito boa”. Manuella Matos, 9, também não escondia o sorriso. “Estou orgulhosa. As aulas são divertidas e aprendemos muito, principalmente a nos comunicar melhor”.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.