Conteúdo

Devotos homenageiam Nossa Senhora do Monte Serrat

8 de setembro de 2019
16h 36
Soldados carregam a santa em andor. Eles passam na frente da Catedral e do fórum.

“Nossa Senhora do Monte, rogai a Jesus por nós.” O cântico de louvor ecoava a fé de milhares de devotos reunidos neste domingo (8), na Praça José Bonifácio, em frente à Catedral, onde se realizou missa campal pelo bispo diocesano dom Tarcísio Scaramussa, em homenagem à Nossa Senhora do Monte Serrat, padroeira da cidade de Santos.  Muito fiéis acompanharam a missa dentro da Catedral por um telão instalado no local.

Josefa Filomena, 70, nascida em Pernambuco, afirmou que deve à Nossa Senhora do Monte a sua vida. “Operei os joelhos, tenho artrite e estou aqui.”

 

Já Maria Aparecida Gonçalves, 86, chegou a Santos do interior de Minas Gerais aos 8 anos e disse sempre ter sido muito católica. “Nem emprego nem saúde nunca me faltaram. A santa não desampara seus filhos. Trabalhei até no exterior.” Ela lembrou de um domingo em que perdeu seus documentos e chaves na praia, que estava lotada. “Fiquei desesperada. Pedi para Nossa Senhora do Monte Serrat e no meio daquela gente toda achei a sacolinha com tudo. Ela nos atende no que pedirmos.”

 

Finda a missa, os devotos seguiram procissão com a imagem da santa até o Paço Municipal, na Praça Mauá, para a Renovação da Consagração da Cidade a Nossa Senhora. O ato, encerrado com uma chuva de pétalas de rosas, contou com a participação do prefeito Paulo Alexandre Barbosa. “Que os bons sentimentos presentes, como o amor ao próximo e a fé, possam estar em todos os lares da Cidade, do Estado, do País e do mundo. Que sejamos abençoados por nossa padroeira.”    

Na sequência, os fiéis dirigiram-se ao Monte Serrat para a subida dos 415 degraus até o Santuário de Nossa Senhora do Monte Serrat, no alto do morro, onde várias missas vêm sendo realizadas ao longo do dia.  

 

Preparando-se para subir, Nilton Pires, 58, advogado, disse que crê na santa desde que se conhece por gente. Pertencente à Paróquia de São Paulo Apóstolo (José Menino), afirmou que todos os anos participa da programação da festa da Padroeira. “Consegui incontáveis graças. Em momentos de desespero recorro a ela, como certa vez que caí de uma lancha em alto-mar e me perdi. Nossa Senhora me deu forças para nadar até ser resgatado”.      

 

A festa teve a presença de autoridades, religiosos de diversas paróquias e líderes comunitários.  Iniciada em 25 de agosto, com a descida da imagem da padroeira, a programação religiosa foi realizada pela Catedral Diocesana de Santos, com apoio da Prefeitura.

 

HISTÓRIA

O Monte  Serrat é parte importante da história santista, pois servia de abrigo à população quando a então vila era invadida por piratas. Em um desses ataques, em 1614, os invasores acabaram soterrados e o milagre, atribuído a Nossa Senhora, que tornou-se padroeira da Cidade em 1955.

 

 

Galeria de Imagens

Procissão passa pela rua. Fieis seguram bandeiras. #Pracegover
A imagem da santa na Praça Mauá. #Pracegover