Conteúdo

Cursos de geração de renda formam 560 pessoas em Santos

14 de agosto de 2019
18h 17

Expectativa de crescimento profissional. Essa é a meta de Fernanda Caroline M. dos Santos, de 26 anos, Alexandre Xavier, 44, e de Roberta M. de Oliveira, 38, que receberam nesta quarta (14) os certificados de participação dos cursos gratuitos de qualificação profissional, promovidos pelo Fundo Social de Solidariedade, no Teatro Guarany.

Eles e mais 559 pessoas participaram de aproximadamente 20 atividades distribuídas entre oficinas de artesanato e de panificação artesanal, escolas de moda, de beleza e de construção civil, além de jardinagem, rotisserie e confeiteiro básico.

A formanda Fernanda, que foi aluna do curso de maquiador, acredita que sua renda aumentará em 80%, pois já atua como designer de sobrancelha e alongamento de unhas. “Eu achei o máximo o curso, não sabia nada de make e já estou com clientes em atendimento a domicílio. Mas estou vendo um espaço para atender porque esse ganho com a maquiagem está ajudando bastante”.

Também animado está Alexandre, que trabalha atualmente como auxiliar de serviços gerais e participou do curso de confeiteiro - área que pretende seguir pela melhor oferta de salário, segundo sua avaliação. O gosto pela confeitaria começou em casa, onde ele é o doceiro oficial das festas de aniversário dos filhos. “Aprendi muitas técnicas que não imaginava. Adorei e agora vou buscar mais aprimoramento”.

O curso de assistente de cabeleireiro foi o escolhido por Roberta, que é profissional em massoterapia e como esteticista. “Como já gostava de fazer o cabelo da família, me interessei pelo curso e gostei bastante. Em pouco tempo, senti que ele abriu muitas portas. Já estou com clientes e o meu orçamento aumentou em 30% somente nesses primeiros meses. Sei que o rendimento será muito bom”.

PROGRAMA

As atividades foram oferecidas em seis pontos distintos da Cidade, como forma de incluir os moradores de todos os cantos: sede do FSS, Vilas Criativas da Zona Noroeste, do Caruara, da Vila Progresso, do Morro da Penha e Jardim Botânico.

A solenidade contou com participação do Coral do Fundo Social; teve homenagens às professoras voluntárias da instituição e sorteio de brindes. Para a presidente do Fundo Social, Maria Ignez o programa segue ano a ano atingindo o objetivo de colaborar com o crescimento profissional da comunidade.

“Queremos aumentar a autoestima da pessoa e dar dignidade para o ser humano porque quando ele tem condições de se manter e ganhar seu próprio dinheiro ele se dignifica. E nós estamos conseguindo esse objetivo porque estamos sempre buscando ampliar o programa e observamos cada vez mais pessoas envolvidas”.

Na cerimônia estiveram presentes os representantes parceiros do projeto: Fundo Social do Estado de São Paulo, Centro Paulo Souza, Mac Pan e Associação Paulista de Supermercados (Apas), além da Forças Armadas, que participou pela segunda vez com inserção de jovens nos cursos.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.