Conteúdo
Notícias

Curso para cuidadores de deficientes tem inscrições abertas

Publicado: 5 de setembro de 2006
0h 00

Uma parceria da Prefeitura com a organização não-governamental Agência Nacional de Desenvolvimento Ecossocial (Andes), vai proporcionar mais uma realização de grande alcance social. Trata-se do curso de agentes comunitários para formação de cuidadores de pessoas portadoras de necessidades especiais. As aulas terão início dia 11 e serão realizadas às segundas e quartas-feiras, das 9 horas ao meio-dia, num total de 84 horas/aula, no Centro da Juventude Prefeito Silvio Fernandes Lopes, na Zona Noroeste, sob coordenação da Secretaria de Assistência Social (Seas) e Dear-ZNO. De acordo, com Valéria Valadão, da ONG Andes, estão abertas 30 vagas e os interessados devem procurar a Sociadade Pró-Melhoramentos da Vila Gilda ou obter mais informações pelo telefone celular 8144-6864 (falar com Solimeire). A capacitação ficará a cargo do professor Carlos Viana, especialista em orientação e mobilidade para cegos. As pessoas que participarem do curso estarão habilitadas a auxiliar portadores de necessidades especiais que vão trabalhar na Horta Comunitária de Vila Gilda Estância Bioeducacional, cuja ampliação de plantio terá início esta semana, e irá beneficiar diretamente 680 pessoas, conforme garante Valéria Valadão. Será dada preferência para pessoas que residam naquela região. De acordo com Valéria, a horta, que existe desde 2004, foi ampliada de 2.600 metros quadrados para 7.541 metros quadrados em área localizada entre as avenidas Hugo Maia e Jovino de Melo, sob linhas de transmissão da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL). O terreno, segundo a representante da ONG, foi cedido pela própria empresa. De acordo com ela, a função da ONG tem sido captar recursos e dar apoio técnico e logístico para a comunidade, com a utilização dos conhecimentos profissionais de cinco agrônomos e um economista. A horta vai produzir mandioca, feijão, batata doce, tomate, alface e banana.