Conteúdo

Curso em Santos dá orientações práticas sobre compostagem e agricultura urbana

2 de maio de 2019
16h 07

A segunda edição do curso de composteira no Jardim Botânico Chico Mendes (Bom Retiro) começou na manhã desta quinta-feira (2), reunindo um grupo de representantes de instituições que receberam o equipamento no ano passado. Conhecimentos teóricos e práticos sobre compostagem e agricultura urbana estão na pauta dos sete encontros que compõem a formação.

Um dos participantes é o professor Paulo Henrique Morais Grave, que trabalha a questão do reaproveitamento de resíduos orgânicos na escola municipal João Papa Sobrinho (Gonzaga), com crianças de 6 e 7 anos.

“Temos um projeto de horta na escola e esse conhecimento técnico vem ao encontro das atividades que fazemos. Meus alunos gostam muito dessa vivência prática, de obter o conhecimento ao lidar com a terra e são multiplicadores em casa. Em breve, darei um curso aos pais dos alunos sobre horta, reaproveitamento dos resíduos orgânicos e compostagem. Às vezes, a pessoa fala que não tem espaço em casa para fazer uma horta, mas dá para criar”, destaca o professor.

O objetivo do curso é formar uma comunidade de aprendizagem – grupo de pessoas que têm o mesmo interesse, aprendem juntas e trocam experiências.

“No Orquidário, temos cerca de 30 pessoas no curso e aqui no Jardim Botânico, 20. Com esses parceiros, esperamos implementar com mais destaque as práticas de compostagem e agricultura urbana nas escolas, nas residências, nas instituições parceiras e nos parques municipais. É um passo importante que a cidade de Santos dá com vistas também à redução de resíduos orgânicos que são encaminhados ao aterro sanitário”, afirma Paulo Marco de Campos Gonçalves, coordenador do Programa Composta Santos, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

 

 

Foto: Rogério Bomfim

 

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.