Conteúdo

Cultura Oceânica é debatida em Santos

4 de setembro de 2019
17h 34

A versão traduzida para o português do estudo ‘Cultura Oceânica para todos: kit pedagógico’, elaborado pela Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco, será lançada no Seminário Cultura Oceânica e os objetivos do Desenvolvimento Sustentável, realizado nesta quinta e sexta-feira (5 e 6), na Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Santos (Rua Dr. Arthur Porchat de Assis, 47, Boqueirão).

Gratuita, a programação tem início na quinta-feira às 14h. No dia seguinte, os módulos têm início às 9h, com encerramento às 18h. No local estarão presentes a autora do estudo, Francesca Santoro, coordenadora do programa Ocean Literacy e Vinicius Lindoso, da comunicação da Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco.

O evento, encabeçado pela Secretaria de Meio Ambiente de Santos, Universidade Federal de São Paulo e Projeto Maré de Ciência pretende despertar nos participantes a consciência sobre o papel do oceano, influências das pessoas sobre ele e propor ações, políticas públicas, inovações que ajudem a conservar o oceano e garantir a qualidade de vida das gerações futuras. Promover a Cultura Oceânica é uma meta da Unesco para a década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, que a Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou para os anos de 2021 a 2030.

PROGRAMAÇÃO

O evento está organizado em três etapas. Na tarde desta quinta-feira (5), será apresentada a Década dos Oceanos, com exposição sobre a cultura oceânica e seu potencial de aplicação no Brasil. Haverá ainda discussão sobre abordagens para promover a cultura oceânica independentemente da distância do mar em que se vive, com relatos de experiências para abordagem do tema Lixo no Mar em Santos, de escolas em cidades distantes do mar: São Paulo (70km), Rio Claro (200km) e Ribeirão Preto (350km) e do projeto Oceano para Leigos.

No dia 6 pela manhã, haverá explanação sobre o papel do engajamento e da inovação social para fortalecer a Cultura Oceânica, com discussão sobre as abordagens nas escolas e nas comunidades, contando com relato sobre educação ambiental e políticas públicas. Ainda na sexta-feira, no período da tarde, haverá uma discussão sobre o papel das Mulheres na Ciência, com apresentação da Liga das Mulheres pelo Oceano e o lançamento do desafio ‘Mulheres ao Mar’, que ocorrerá em setembro e outubro.

Em todas as sessões, especialistas e autoridades darão sua contribuição ao final da discussão sobre os passos futuros para promover a Cultura Oceânica no Brasil. Participarão deste evento Conselho Britânico, Fapesp, CNPq, Sesc, Fundação Grupo Boticário, WWF Brasil, SOS Mata Atlântica, Ecosurf, Colégio Magno de São Paulo, Colégio Koelle de Rio Claro, Colégio Marista de Ribeirão Preto, Coordenadoria de Educação Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, jornalistas e pesquisadores.

A programação completa e a inscrição para participação presencial estão aqui. O evento terá transmissão ao vivo pela internet em parceria com o projeto Oceanos para Leigos, e contará com a participação e interação dos internautas, que farão perguntas e comentários para as discussões.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.