Conteúdo

Cultura indígena é exposta no orquidário

25 de outubro de 2004
0h 00

A partir desta terça-feira (26), os visitantes do Orquidário ganharão uma nova atração. Com o objetivo de resgatar a memória dos índios e homenagear todos os envolvidos em favor da emancipação do povo indígena, o fotógrafo Antônio Vargas irá expor, até o dia 7 de novembro, painéis, de 1,5 m x 0,90 m com fotos das imagens mais marcantes de 25 tribos durante o Encontro Nacional dos Índios, em Bertioga, e o VI Jogos dos Povos Indígenas, em Palmas (TO). A abertura oficial do evento acontece às 15 horas no Mostruário de Orquídeas e conta com a participação de crianças e representantes da região. De acordo com Vargas, o parque tem tudo a ver com o tema e é ideal para a exposição. Pretendo atrair a atenção de mais pessoas, principalmente da garotada, já que o local é um dos pontos mais visitados e recebe muitas crianças, que precisam ter mais contato com a cultura indígena. Desenvolvido durante quatro anos, o trabalho possibilitará que o público conheça um pouco mais dos terenas, mais atualizados com a realidade da cultura não indígena; os matis, chamados de cara de onça, pois usam um dente atravessado no nariz; e também as tribos mais atrativas, os kaiapós e pataxós. Na exposição outras tribos também foram foco do repórter-fotográfico como Pareci, Way-Way, Guarany, Tombe, Yanomami e Kanela. A exposição pode ser conferida de terça a domingo, das 8 às 18 horas. O Orquidário fica na Praça Washington s/nº, José Menino. O ingresso para entrar no parque custa R$ 1,00, sendo que menores de 12 anos e maiores 60 não pagam.