Conteúdo

Cultura cigana é reverenciada em festa no Morro Nova Cintra

21 de maio de 2016
18h 13

Música, dança, artesanato, leitura de oráculo, exposições artísticas e comidas típicas marcaram a 10ª Festa Cigana no Morro Nova Cintra, neste sábado (21), em celebração ao dia nacional da padroeira deste povo, Santa Sara Kali (24 de maio). O evento contou ainda com missa na Igreja São João Batista, seguida de procissão com a imagem de Santa Sara até a gruta, na Lagoa da Saudade.

A tradição da festividade que visa desmitificar a etnia cigana foi destacada por Imar Lopes, presidente da comunidade Tsara Romai. “Mostramos nossa cultura e tradição, e quebramos preconceitos. Quando as pessoas conhecem nossa história temos mais respeito”. Para o secretário de Defesa da Cidadania, Carlos Mota, o evento “envolve toda a comunidade cigana da Cidade e região para fomentar as questões culturais deste povo”.

Harmonização

De Cubatão, a gastrônoma Patrícia Sacaldassy, 45 anos, e a filha Heloísa, 11, prestigiaram a celebração e compraram artigos artesanais. “Gosto muito da cultura cigana e de ter em casa esses pequenos amuletos que harmonizam o ambiente. Venho todo ano e saio renovada só de estar aqui. É uma energia diferente, não podia perder”, disse Patrícia, que também aproveitou para consultar o oráculo.

Quem compareceu pela primeira vez foi a operadora de caixa Daise Maciel, 28, do Marapé, com a afilhada Maria Eduarda, 4, e a sogra Neusa Pereira Maciel, 65. “Gostei bastante das danças, é um evento familiar e que envolve todo mundo. Os ciganos têm uma história sofrida, mas são muito unidos”, destacou.

A realização foi da Prefeitura e do grupo Tsara Romai.

Foto: Raimundo Rosa

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.