Conteúdo

Craques e mascotes do Santos FC visitam escolas municipais

9 de setembro de 2019
15h 05

A escola Cidade de Santos foi a primeira a receber, nesta segunda-feira (9), o projeto Peixinhos da Vila. A iniciativa da Prefeitura em parceria com o Santos Futebol Clube vai levar craques do time e os mascotes Baleinha e Baleião a unidades municipais, além de presentear os alunos com carteirinhas que dão gratuidade para visitas ao Memorial das Conquistas e para assistir a jogos (desde que não tenham lotação).

Ao todo, 14 escolas municipais santistas vão participar, envolvendo 3,5 mil alunos, todas as segundas-feiras nos períodos da manhã e tarde.

No Cidade de Santos, pela manhã, 135 estudantes de 4º e 5º anos receberam a visita do famoso ponta-esquerda Edu (Jonas Eduardo Américo), além de Baleinha e animadoras de torcida. À tarde, será a vez de Mengálvio, que falará com 181 alunos dos 1º, 2º e 3º anos.

Edu foi muito solicitado para selfies e autógrafos. Haysla Melissa dos Santos, 10, e a colega Analie Camargo, 10, gostaram de conseguir o autógrafo. “Eu conhecia pela TV. É uma alegria ver um astro de perto”, disse Haysla. Embora ela seja corintiana e Analie, palmeirense, as meninas afirmaram que gostam do Santos porque é o clube da Cidade.

Já Pedro Henrique Ferreira Gonçalves, 10, do 5º ano, apesar de santista, não conhecia o ídolo. “Mas quero o autógrafo porque me falaram que ele é muito bom.” Edu ficou emocionado com o carinho das crianças. Aos 70 anos, lembrou que aos 15 começou a jogar no Santos e, aos 16, estava na Copa do Mundo. “Joguei dez anos com Pelé. É maravilhoso o que o futebol proporciona”. Ele participou das copas de 1966 (Inglaterra), de 1970 (México), de 1974 (Alemanha). Defendendo o Peixe, ganhou os títulos paulistas de 1965, 1967, 1968, 1969 e 1973; Taça Brasil de 1965; o Rio-São Paulo de 1966 e o Robertão de 1968.

CULTIVO

O idealizador do projeto, coordenador do Programa de Sócios e das Embaixadas, Daniel Gonzalez, contou que o Santos FC tem muitos torcedores acima de 50 anos e de 10 a 20 anos pela atuação de Neymar e Robinho. “Para não depender do desempenho do campo - afinal às vezes se ganha e às vezes se perde -, achamos que ir às escolas públicas seria interessante e simpático. Muitas crianças não têm time definido por não conhecer a história do clube”.

Para a secretária de Educação, Cristina Barletta, é um reconhecimento aos ídolos. “Esta aproximação traz grande alegria para a escola.”

Na próxima segunda-feira (16), a escola contemplada será a Florestan Fernandes, com visita dos craques Pepe e Dorval.

Galeria de Imagens

mascote e animadoras de torcida se apresentam para alunos sentados em frente #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.