Conteúdo

Correios lançam selo postal da Ação do Coração

23 de julho de 2018
16h 37

Com arte do pernambucano José Borges, o selo postal alusivo à sétima edição da Ação do Coração foi lançado nesta terça-feira (23) pelos Correios, em cerimônia no Salão Nobre do Paço Municipal. A campanha deste ano tem como tema Refugiados, excluídos e migrantes – Nosso coração, nosso território.

Presidente da Fundação Eduardo Furkini, que organiza o evento, Alexandre Camilo ressaltou o apoio do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) à iniciativa e falou sobre a importância do acolhimento aos estrangeiros que buscam refúgio no País. “Não são pessoas de fora. São seres humanos”.

O apoio à campanha deste ano, segundo o gerente dos Correios na Baixada Santista, Diego Galvão, se deve à importância do tema abordado pela Ação do Coração. “Os selos buscam preservar para a história fatos relevantes como este referente a migrantes e refugiados”.

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa falou sobre o crescimento do evento iniciado em Santos. “A Ação do Coração já propaga bons conceitos pelo mundo. Exemplos como este a gente precisa multiplicar”, disse, ressaltando o valor do trabalho de confecção das peças. “Quero parabenizar os voluntários, pois sem eles não há ação”.

Cerimônia

Também participaram da cerimônia a presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Maria Ignez Barbosa e o diretor do Projeto Tamtam (parceiro da ação), Renato Di Renzo, além de representantes religiosos e voluntários da ação.

Ação

A distribuição dos corações de tecido será no dia 2 de agosto, na Praça Mauá. Somando as seis edições anteriores, 615 mil unidades já foram produzidas. Em 2017, foram arrecadas 10 toneladas de alimentos, 47 mil peças de roupas e cinco mil brinquedos, distribuídos a hospitais da Baixada Santista e do Vale do Ribeira.

Foto: Isabela Carrari