Conteúdo

Convênio prevê verba para a área de saúde do trabalhador

27 de julho de 2000
0h 00

Santos está entre os dez municípios do Estado de São Paulo habilitados ao Projeto Rede de Cuidados Integrais em Lesões de Esforço Repetitivos e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/Dort). A classificação do município deve-se às ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na área de atenção à saúde do trabalhador, que resultaram na formalização de um convênio, celebrado ontem junto à Secretaria de Estado da Saúde, que permitirá o repasse de recursos da ordem de R$ 21 mil. A verba que estará liberada no próximo mês de agosto, deverá ser utilizada para cursos de capacitação dos profissionais da rede municipal de saúde e para a aquisição de equipamentos na área de fisioterapia e reabilitação. A explicação é das técnicas da Seção de Vigilância e Referência em Saúde do Trabalhador (Sevrest), Adelaide Machado e Célia Gonçalves Lock, que participaram de um curso sobre o assunto, realizado ontem em São Paulo. Segundo elas, LER/Dort são doenças típicas do esforço intenso e repetitivo, causadas por diversos tipos de pressão existentes no trabalho. As doenças atingem principalmente os membros superiores: mãos, punhos, braços, antebraços, ombros e coluna cervical. De acordo com as técnicas, as LER/Dort são responsáveis por 50% dos atendimentos realizados pela unidade e por 90% das doenças decorrentes do trabalho em todo o mundo. O projeto, lançado pelo Ministério da Saúde, estará sendo desenvolvido simultaneamente nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia. Além de Santos, estão habilitadas a participar as seguintes cidades paulistas: Piracicaba, Rio Claro, Sorocaba, São Paulo, Santo André, Marília, Botucatu, Campinas e Araçatuba . A Sevrest dispõe de psicólogos, médicos do trabalho, engenheiros do trabalho e enfermeiros. O serviço atende pacientes encaminhados pelos serviços de saúde, empresas e os que procuram a unidade espontaneamente. O endereço é Praça Rui Barbosa, 23, 6º andar, telefone 219-2420, ramal 214.