Conteúdo
Notícias

Contenção no Morro São Bento será concluída em junho

Publicado:
29 de abril de 2021
17h 42
Trecho de encosta já recoberto. Homens trabalham no topo da encosta. #paratodosverem

Morro já passou por outras intervenções

A proteção da encosta do São Bento, entre as ruas São Manoel e São Bernardo, está sendo reconstruída. É uma das 12 obras emergenciais em andamento para reverter os estragos causados por chuvas nos morros santistas. Com mais da metade dos serviços prontos (59%), a obra deve ser entregue em junho.

Os serviços começaram em janeiro e consistem na execução da técnica de solo grampeado. O trabalho envolve escavação, perfuração, instalação dos grampos (barras de aço), colocação de drenos e projeção de concreto, tudo para a estabilização da encosta.

“Atualmente estão sendo finalizados os serviços de grampeamento do solo e execução de concreto projetado”, explica o engenheiro Carlos Barros, da Secretaria de Infraestrutura e Edificações. “O concreto é lançado através de mangueiras especiais com uso de ar comprimido sobre a base, promovendo a sua compactação e resultando em um concreto de alta resistência”.

Para execução do solo grampeado, a Prefeitura está empregando R$ 2,5 milhões de recursos próprios. Os serviços estão a cargo da TMK Engenharia, empresa contratada de forma emergencial para execução da obra.

São Bento já recebeu outras seis obras emergenciais

Trecho de encosta entre a Rua Santa Valéria e Santa Marta, Rua São Roque e Av. São Cristóvão, 1.378. E, ainda, Av. Santo Antônio do Valongo em três pontos: próximo à escadaria São Domingos, nas imediações do acesso à Rua São João e em frente ao número 352. São estas as seis áreas que foram atendidas com obras emergenciais no Morro São Bento, desde as intensas chuvas de março do ano passado.

Todos os locais foram considerados de alta prioridade pela Defesa Civil. As intervenções contaram com recursos de R$ 14,8 milhões, do Governo do Estado, liberados após a Prefeitura apresentar os projetos técnicos e com contrapartida do Município no valor de R$ 1,8 milhão.

Fotos: Anderson Bianchi

 

Galeria de Imagens

Homens trabalhando com máquinas na parte de baixo da encosta. Em primeiro plano, se vê a terra do morro. #paratodosverem
Homens trabalhando no alto da encosta. #paratodosverem