Conteúdo

Consultas na rede de saúde em Santos serão reiniciadas nesta segunda

14 de junho de 2020
21h 07

SAIBA COMO VAI FUNCIONAR

CENTRAL DE AGENDAMENTO

ATENDIMENTO NO NOVO AMBESP

A partir desta segunda-feira (15), os serviços municipais de saúde vão retomar, gradativamente, as consultas e atendimentos agendados, não urgentes (eletivos), os quais foram suspensos no final de março por causa da pandemia da covid-19. As unidades básicas (policlínicas) e especializadas atuarão com até 50% da capacidade, sendo reforçadas as medidas de higienização e preventivas contra o contágio da doença.

A retomada desses serviços foi abordada neste domingo (14), pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais. “Nossa preocupação é com o público que fez o certo e deixou de comparecer às consultas nas últimas semanas”, disse, ressaltando também a importância das vacinações. “Nesse período, as crianças deixaram de tomar vacina. Por isso, será muito importante o trabalho de busca ativa dos agentes comunitários”.

Durante o pronunciamento, o prefeito também anunciou a criação da Blitz Covid, que consiste na aplicação de testes rápidos de covid-19 a fim de identificar o percentual de munícipes que já tiveram contato com o novo coronavírus. Segundo ele, a primeira ação ocorrerá no próximo sábado (20), na Zona Noroeste. Para evitar aglomerações, o procedimento será realizado em diversos pontos dos bairros.

COMO VAI FUNCIONAR

As 32 policlínicas da Cidade voltarão a realizar consultas de rotina dos clínicos gerais, com prioridade para os pacientes do programa Hiperdia (hipertensos e diabéticos), e dos pediatras para crianças de até dois anos, além da realização de exames laboratoriais (sangue e urina) para estes pacientes.

Estes atendimentos serão feitos somente no período da manhã, das 7h às 12h, assim como as consultas e exames de gestantes e de recém-nascidos de risco, avaliação de casos de urgência, vacinação e dispensação de medicamentos, os quais foram mantidos nos últimos meses. A partir das 12h30, as unidades ficarão voltadas aos atendimentos de triagem e testagem de pacientes covid-19.

“Esta estratégia de separação dos públicos visa a maior segurança dos usuários e profissionais de saúde. Manteremos o controle de temperatura na entrada das unidades, a disponibilização de álcool em gel e o uso de equipamentos de proteção pelos servidores, além de uma rigorosa desinfecção das unidades após os atendimentos dos casos de covid-19”, explica o secretário municipal de Saúde, Fábio Ferraz.

OUTRAS AÇÕES

Além do trabalho dos agentes comunitários de saúde na busca por crianças para ampliação da cobertura vacinal, serão reforçadas pelos agentes de endemias as vistorias preventivas de combate à dengue e outras doenças. 

RETOMADA

As consultas e procedimentos agendados, não urgentes (eletivos) foram suspensos na rede municipal a partir de 24 de março, seguindo as recomendações da Resolução da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo (SS - 28, de 17 de março). As unidades básicas e especializadas passaram a atuar em cerca de 35% de suas capacidades, priorizando os casos mais urgentes e serviços voltados aos pacientes covid-19.

As consultas na rede de Atenção Básica estão sendo marcadas pelas equipes das policlínicas e a Central de Agendamentos realiza os encaminhamentos dos pacientes para as consultas nos Ambulatórios de Especialidades (Ambesp) e outros serviços especializados. 

A Central mantém o atendimento dos munícipes pelo telefone 0800-9425055, de segunda a sexta (8h às 20h), mas trabalha com efetivo de 50% por período para a segurança dos trabalhadores do serviço, além do trabalho remoto (em casa) por parte da equipe. 

Ambesp Nelson Teixeira realizará quase 10 mil consultas/mês

O Ambulatório de Especialidades (Ambesp) Dr. Nelson Teixeira (Rua Manoel Tourinho, 395, Macuco) é uma das unidades da rede municipal que retomará as consultas eletivas. A unidade, que entrou em funcionamento parcial a partir de 23 de março, tem capacidade de realizar até 19 mil consultas/mês (médicas e de outros profissionais). Neste período de retomada, fará em torno de 9,5 mil consultas/mês (50% da capacidade). 

O serviço, mantido pela Secretaria de Saúde sob gestão compartilhada com o Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz, está localizado em moderno imóvel de 4 mil m², construído em parceria com a Fundação Lusíada, cedido em comodato ao Município por 30 anos. 

A unidade terá horário de funcionamento ampliado na comparação com o antigo serviço (Ambesp Centro): de segunda a sexta, das 8h às 20h, e, aos sábados, das 8h às 14h.

OUTRAS UNIDADES

O Ambesp da Zona Noroeste também retomará as consultas eletivas em até 50%, assim como as unidades da rede de Saúde Mental, Instituto da Mulher e Gestante e as seções de Recuperação e Fisioterapia e de Saúde Auditiva. Os serviços do Centro de Controle de Doenças Infectocontagiosas (CCDI) funcionarão em até 30% da capacidade, para maior segurança dos usuários. Já os Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), seguirão com os atendimentos urgentes.
 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.