Conteúdo

Conselhos municipais de Santos serão relacionados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

30 de abril de 2019
13h 12

Até o dia 15 de maio, os 27 conselhos municipais precisarão sinalizar à Secretaria Municipal de Governo quais Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), dos 17 elencados pela Organização das Nações Unidas, têm relação com a sua área de atuação. O objetivo é que, na internet, os conselhos recebam selos alusivos aos objetivos que defendem – a exemplo do que já ocorre com as secretarias municipais.

Em 19 de julho de 2018, por meio do decreto 8.166, foi instituído o Comitê Municipal de Acompanhamento, Monitoramento, Avaliação e Orientação de Desenvolvimento das Políticas Públicas para otimização dos 231 indicadores que medirão o progresso na implementação dos 17 ODS até 2030.

“A Cidade já vem trabalhando há muito tempo e agora de forma mais intensiva com os ODS de forma que todos se engajem nesta agenda mundial composta de 17 metas globais estabelecidas pela ONU. Assim, também é uma forma de fortalecer os conselhos, para que enxerguem as políticas públicas existentes na Cidade e como podem fazer o acompanhamento, o monitoramento e análise delas. Ao mesmo tempo, os conselhos correlacionam as suas temáticas com os ODS, de forma a se tornarem aliados da Prefeitura nesta jornada”, destaca Suzete Faustina dos Santos, chefe do Departamento de Articulação da Secretaria Municipal de Governo.

Mais informações podem ser obtidas por e-mail: conselho@santos.sp.gov.br ou suzetesantos@santos.sp.gov.br.

 

Os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

 

  1. Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares
  2. Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável
  3. Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades
  4. Assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos
  5. Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas
  6. Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e o saneamento para todos
  7. Assegurar a todos o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia
  8. Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos
  9. Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação
  10. Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles
  11. Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis
  12. Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis
  13. Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e os seus impactos (Reconhecendo que a Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima é o fórum internacional intergovernamental primário para negociar a resposta global à mudança do clima)
  14. Conservar e usar sustentavelmente os oceanos, os mares e os recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável
  15. Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade
  16. Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis
  17. Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável. 

 

Foto: Rogério Bomfim

Conteudo do Portal de Ouvidoria

Para ver todas as novidades sobre "Conselhos" visite o Portal Ouvidoria

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.