Conteúdo

Conjunto habitacional com 1.120 apartamentos retoma ritmo de obras

23 de junho de 2020
19h 09

Com o ritmo retomado, estão 26% executadas as obras do conjunto habitacional Tancredo Neves 3, erguido em terreno cedido pela Prefeitura de Santos ao governo federal por meio da Cohab Santista, no bairro Cidade Náutica, em São Vicente.

A previsão é de que, até o fim de 2021, todos os 1.120 apartamentos estejam disponíveis para famílias que hoje habitam áreas santistas consideradas de risco socioambiental. O prazo – 2020, inicialmente – foi prorrogado devido a problemas com repasses do governo federal à construtora responsável pelos serviços.

“Estamos trabalhando para realizar entregas parciais de unidades habitacionais antes disso”, garante Maurício Prado, presidente da Cohab Santista, órgão responsável pela elaboração do projeto e pelo processo licitatório que teve como vencedora a Saned Engenharia e Empreendimentos – contratada pela Caixa Econômica Federal (CEF), financiadora do empreendimento. O valor do investimento é de R$ 140 milhões, sendo R$ 33,6 milhões por parte do Estado, via programa Casa Paulista.

A distribuição das unidades atenderá a critérios técnicos estabelecidos pela Prefeitura, levando em consideração fatores sociais e geográficos das habitações de Santos. Os futuros moradores serão mutuários da CEF, que estabelecerá o valor das prestações de acordo com a renda familiar, sob os parâmetros do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal.

Com o objetivo de atender às demandas estruturais da população que será transferida para o Tancredo Neves 3, a CEF também analisa – em etapa final de estudo –, para o mesmo bairro, a construção de quatro escolas (duas de ensino infantil, uma de fundamental e uma de médio) e a reforma e a ampliação de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), além de uma edificação para os serviços de saúde da família.

CARACTERÍSTICAS

Com habitações no térreo e em quatro pisos superiores, o conjunto contará com 56 blocos de 20 unidades. Cada apartamento terá 44,7 metros quadrados de área útil, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço – nos três últimos cômodos, haverá revestimento cerâmico até o teto. Todos os prédios terão revestimento externo com pastilhas.

Atendendo a um conceito de sustentabilidade, os edifícios serão dotados de sistema de captação de energia solar (fotovoltaico) para as áreas comuns, o que acarretará redução da conta de luz dos condomínios.
Para práticas de esporte e lazer da comunidade, o conjunto ainda oferecerá quatro quadras poliesportivas, oito playgrounds, um campo de futebol com metragem oficial, nove churrasqueiras e áreas verdes.

ANDAMENTO

Iniciada em 2014 por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, a construção foi contratada pelo Minha Casa Minha Vida em dezembro de 2018 e teve início em janeiro de 2019.

Em agosto do mesmo ano, houve uma desaceleração do andamento da obra em decorrência de problemas nos repasses à construtora. Contudo, em maio deste ano, os repasses foram normalizados e os trabalhos tiveram o ritmo retomado no mês atual.
 

Fotos: Doug Fernandes e Susan Hortas

Galeria de Imagens

Caminhão com braço basculante ao lado de prédio em construção. #Paratodosverem
Vista geral do conjunto. #Paratodosverem
Área interna de apartamento com revestimento no piso. #Paratodosverem

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.