Conteúdo

Conferência Internacional de Surfe em Santos já tem a confirmação de seis países

8 de outubro de 2019
18h 08

Espanha, Equador, Chile, Portugal, Nova Zelândia e França são os primeiros países a confirmar participação na Conferência Internacional da Rede World Surf Cities (World Surf Cities Network - WSCN), evento que a cidade de Santos, que representa o Brasil na rede mundial de surfe, recebe pela segunda vez, com programação entre os dias 22 e 24 de novembro.

As atividades, que englobam debates, rodada de negócios, atrações culturais e festival de surfe, ocorrem em locais como o Sesc-Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136,  Aparecida), Escola Radical do Posto 2 (orla da Pompeia) e praias do Gonzaga e Pompeia.

A organização WSCN tem como objetivo aumentar a atividade econômica local (negócios, turismo, emprego e programas sociais) por meio do compartilhamento de conhecimentos e cooperação entre as cidades de surfe ao redor do mundo. Mais países que integram a WSCN são Austrália, Inglaterra, África do Sul e Peru.

O primeiro encontro da WSCN em Santos foi realizado em 2014. No ano passado, o evento ocorreu em San Sebastian, na Espanha. Santos foi representada por dois projetos de surfe: um voltado para o público com mais de 50 anos e o outro para pessoas com deficiência,  ambos desenvolvidos pela Escola Radical do Posto 2. Os trabalhos foram apresentados pelo surfista e educador Cisco Araña, coordenador da Escola Radical e representante brasileiro da WSCN.

 

 

Foto: Francisco Arrais/arquivo